sexta-feira, 11 de setembro de 2020

Palmeiras vence o clássico contra o Corinthians e chega ao G4 do Brasileirão 2020

www.seuguara.com.br/Gabriel Veron/Palmeiras/Brasileirão 2020/
O Palmeiras venceu o clássico contra o Corinthians por 2 a 0, nesta quinta-feira (10) na agora chamada Neo Química Arena. Com a vitória no confronto válido pela 9ª rodada do Brasileirão 2020, o Verdão Paulista conquistou 4º lugar somando 16 pontos. Um a menos que o São Paulo (3º) e o Flamengo (2º). E com quatro atrás do líder Internacional, que somou 20 pontos vencendo o Ceará, por 2 a 0, no Beira-Rio. Confira o resumo e melhores momentos dos jogos desta quinta-feira.
www.seuguara.com.br/Gabirel Veron/Palmeiras/Brasileirão 2020/

O Timão começou melhor a partida no Neo Química Arena e esteve perto de abrir o placar em um bom chute do estreante Otero, acertando a trave do goleiro Weverton. Mas aos poucos o Verdão equilibrou o jogo e dominou as ações a partir da metade da etapa inicial. E aos 40 minutos criou o lance no ataque que resultou no primeiro gol, que mudaria a história do clássico. Em um bom ataque, Wesley, cara a cara com Cássio bateu para a defesa parcial do goleiro corintiano. No rebote, Lucas Lima arrematou e Fagner, grotescamente, colocou o braço na bola, que pareceu não ir em direção ao gol. O árbitro marcou pênalti e expulsou o lateral. Na cobrança, Luiz Adriano deslocou Cássio e marcou 1 a 0 Palmeiras. 

No segundo tempo, o técnico Tiago Nunes procurando melhorar o desempenho do Timão e suprir a falta de um jogador a menos, mandou a campo Éderson e Michel nos lugares de de Ramiro e Gustavo Mosquito, porém sem resultado. Por outro lado, Luxemburgo teve que substituir Luiz Adriano por lesão. Em seu lugar colocou Gabriel Veron, que marcaria o segundo gol do Palmeiras. O Corinthians saiu jogando errado com Piton e Lucas Lima ficou em boas condições para fazer o cruzamento. A bola cruzou a grande área e chegou até Willian do lado esquerdo, que dominou e cruzou novamente para Veron, com facilidade, tocar para o fundo das redes, aos 19 minutos.

Aguerrido, o Corinthians não desistiu de atacar e teve um boa chance em um cruzamento de Piton do lado esquerdo, com a bola chegando até Michel na entrada da pequena área que bateu firme, mas do lado de fora das redes.  Aos 40 minutos, o Timão ainda teve mais um jogador expulso. Danilo Avelar fez falta no meio campo e levou o segundo cartão amarelo deixando o campo de jogo. 

Na próxima rodada o Palmeiras recebe o Sport, domingo, às 19:45 horas, no Allianz Parque. O Corinthians enfrenta o Fluminense, no mesmo dia à 16:00 horas, no Maracanã. 


No Beira-Rio, o Internacional, com um time misto, venceu o desfalcado Ceará com dois gols do artilheiro Thiago Galhardo. Em um primeiro tempo sem grandes oportunidades dos dois lados, o Colorado abriu o placar ao 44 minutos, quando Edenílson fez boa jogada pela direita e cruzou para Thiago Galhardo completar de primeira. Na etapa complementar, o jogo ficou mais aberto com chances dos dois times. Até que aos 30 minutos, em uma falha da zaga cearense, o atacante colorado se livrou do goleiro e marcou pela segunda vez. 

Isolado na liderança, com 20 pontos o Internacional somou três a mais que o vice-líder Flamengo, que tem a mesma pontuação do São Paulo, com os mesmos 17 pontos. Na próxima rodada, o Colorado visita o lanterna Goiás, no domingo, às 18:00 horas. O Ceará, que ficou na 12ª posição com 10 pontos, na 10ª rodada jogará contra o Flamengo, no mesmo dia e horário, no Castelão.


No Estádio Pituaçu, o Grêmio venceu o Bahia por 2 a 0, com gols de Alisson, aos 23 do primeiro tempo, e Darlan, aos 8' da etapa complementar. A equipe baiana perdeu várias chances de abrir o placar, nos primeiros 20 minutos da partida. Com o resultado, o Tricolor gaúcho encerra uma sequência de seis jogos sem vitória e pula para a 10ª posição com 11 pontos conquistados. Por outro lado, o Esquadrão de Aço completa seis rodadas sem vencer, e ocupa a 15ª colocação com 9 pontos. 


Encerrando a 9ª rodada do Brasileirão 2020, o Vasco recebeu o Atlético-GO e perdeu de virada por 2 a 1. O time goiano foi melhor no primeiro tempo e desperdiçou várias oportunidades de abrir o placar. No segundo tempo, os goianos continuaram com o domínio do jogo, mas foi o Cruzmaltino que saiu na frente, com gol de Cano. O Dragão empatou e virou com dois gols do atacante Renato Kayser. Os vascaínos, depois de criarem boas chances, chegaram a empatar o confronto, mas o árbitro anulou o gol marcado pelo argentino Cano, com auxílio do VAR, vendo que a bola bateu no braço do atacante quando dominou a bola.

Com o resultado, o Vasco caiu para a 6ª posição com 14 pontos, e na próxima rodada terá o clássico contra o Botafogo, domingo, no Nilton Santos. Já o Atlético-GO, com a vitória somou 9 pontos, pulou para a 14ª colocação na tabela de classificação, deixando a Zona do rebaixamento, que tem o Athletico paranaense como primeiro da lista, seguido de Coritiba, Bragantino e Goiás, na lanterna. A equipe goiana enfrentará o Bahia, domingo, em Salvador. 





(com informações da Gazeta Esportiva)

Imagem: reprodução/Foto: Cesar Greco/divulgação


RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger