quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Brasileirão 2015: Vasco toma goleada do Inter. Corinthians abre sete pontos na liderança

A situação do Vasco no campeonato brasileiro, que não era nada boa, ficou ainda mais difícil. Lanterna da competição, o Gigante da Colina com boa campanha na Copa do Brasil, não consegue se achar no Brasileirão 2015. Na abertura da 22ª rodada, que teve oito jogos nesta quarta-feira, tomou uma goleada histórica do Internacional, no Beira-Rio.



O Colorado, agora em 10º lugar com 31 pontos, marcou seis vezes contra nenhuma do Vasco. Ernando, Eduardo Sacha, Lisandro López (duas vezes), Valdívia e Nilton fizeram os gols do Inter. Com apenas 13 pontos, o Vasco tem pela frente uma missão quase impossível de buscar a pontuação necessária para permanecer na Série A.

A festa de aniversário do Timão, que completou 105 anos de existência na terça-feira, não poderia ter sido melhor. Bateu o Fluminense por 2 a 0, na Arena Corinthians, se isolou na liderança abrindo 7 pontos do Vice-líder Atlético mineiro. O Galo perdeu do Atlético paranaense por 1 a 0, no Independência. O líder ainda viu o rival Palmeiras sendo derrotado pelo Goiás também por 1 a 0, no Serra Dourada.

Confira abaixo, os melhores momentos dos jogos desta quarta-feira pelo Brasileirão 2015.

O Corinthians lançou um terceiro uniforme laranja, cor em alusão ao antigo Terrão, campinho do antigo Parque São Jorge usado pela categoria de base. E foi um "prata da casa" que abriu o placar. O volante Marciel, garoto recém-promovido das categorias de base, com um belo chute de pé direito marcou o primeiro gol corintiano, aos 4 minutos de jogo. Ralf, fez o segundo aos 25' do segundo tempo.

Contudo, não só os deus do futebol agraciaram o Timão nesta rodada do Brasileirão 2015. O triunfo contra o Fluminense foi facilitado pela anulação de um gol legal do adversário quando o placar apontava 1 a 0. Além disso, a arbitragem "sem querer querendo", beneficiou o líder do campeonato brasileiro em outros dois jogos.

O vice-líder Atlético-MG, foi prejudicado na derrota para o Furacão quando injustamente o árbitro aplicou o segundo cartão amarelo ao lateral Marcos Rocha, no final do primeiro tempo. O gol do Atlético paranaense nasceu de um pênalti duvidoso, que Walter bateu e marcou o único gol do jogo, aos 12' do segundo tempo. A insatisfação com a arbitragem se refletia na torcida que gritava "Corinthians" e "vergonha" a um possível favorecimento ao líder do campeonato. Com a vitória, o Furacão volta ao G-4, somando 36 pontos.

No confronto entre Goiás e Palmeiras, o Verdão paulista, arqui-rival e o próximo adversário do Corinthians no Brasileirão, teve um gol legítimo anulado pela arbitragem. Em posição legal, como mostrou as imagens da TV, Barrios mandou pro fundo das redes, mas o árbitro invalidou o lance confirmando o impedimento. Para se ter uma ideia das polêmicas envolvendo arbitragem nos jogos de início da 22ª rodada do Brasileirão, a CBF decidiu afastar cinco auxiliares e um árbitro para "treinamentos", dentre os que atuaram nas partidas: Corinthians 2 x 0 Fluminense, Goiás 1 x 0 Palmeiras, e Atlético-MG 0 x 1 Atlético-PR.

Na sequência, em um chute do próprio atacante paraguaio, houve o toque na bola com o braço do zagueiro Gimenez dentro da área. De nada adiantou os jogadores do Palmeiras pedirem pênalti. No segundo tempo, aos 17 minutos, Bruno Henrique em bela jogada individual marcou um golaço para o Goiás. Com a vitória, o time esmeraldino saiu da Zona do rebaixamento e tirou o Palmeiras do G-4, que caiu para o 6º lugar na tabela de classificação do campeonato Brasileirão 2015.

O São Paulo foi até a Arena Joinville e ficou no zero a zero com o JEC. Apesar de um grande jogo, os dois times não saíram do lugar. Melhor para o São Paulo que ficou em 5º lugar com um ponto a menos (35) que o Atlético-PR e ruim para o Joinville que permanece na penúltima colocação, com 20. Três a menos que o Coritiba e o Avaí, que agora é o primeiro na lista dos quatro na Zona do rebaixamento.

Quem fugiu um pouco da Z-R, foi o Cruzeiro. A Raposa, que terá como técnico o Mano Menezes na próxima, venceu a Macaca por 2 a 1, no Orlando Scarpelli. Vinícius Araújo fez o gol da vitória cruzeirense no último minuto do jogo.

O Avaí, que venceu o Internacional por 3 a 0 na rodada anterior, perdeu para o Flamengo pelo mesmo placar, na Arena das Dunas. O rubro-negro carioca subiu para a 8ª colocação somando 32 pontos. Ultrapassou o Sport (9º), com a mesma pontuação. O Leão do Norte garantiu um pontinho no confronto com o Coritiba, no Couto Pereira. Coxa não fez grande coisa no jogo. Perdeu a chance de vitória em casa e ganhar folego para sair da Zona perigosa.

Carregando um fardo um pouco mais leve que o do Vasco, parecido com o do Joinville, o Alviverde paranaense não pode se dar ao luxo de perder ou sequer ficar empatando em casa, sob o risco de cair para a Série B. Na próxima, tem confronto direto contra o Avaí, na Ressacada.  

A 22ª rodada do Brasileirão será concluída na noite desta quinta-feira, com Santos e Chapecoense, na Vila, e Figueirense e Grêmio no Orlando Scarpelli.
















(com informações Gazetaesportiva/esportes.R7)
Imagem: reprodução/créditos da Foto: Ricardo Duarte/S.C. Internacional

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e compartilhe. Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger