segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Corinthians vence o Palmeiras e retoma diferença na disputa pelo título do Brasileirão 2017 - Confira o resumo da 32ª rodada

Ameaçado de perder a liderança do campeonato brasileiro, o Corinthians venceu o clássico diante do Palmeiras neste domingo (05) em Itaquera, por 3 a 2, e retomou a boa diferença de pontos para os adversários. Com essa importante vitória, o Timão somou 62 pontos. O Verdão Paulista ficou com 54 e caiu para o quarto lugar, com a mesma pontuação conquistada pelo Grêmio, que assumiu a terceira posição vencendo o Flamengo, por 3 a 1. A vice-liderança agora é do Santos, que derrotou o Atlético mineiro pelo mesmo placar somando 56 pontos, ficando a sete do líder Corinthians.
O Corinthians jogará na próxima rodada contra o Atlético paranaense, na quarta-feira, na Arena da Baixada. O Palmeiras enfrentará o Vitória-BA, no Barradão. Com um público de mais de 46 mil pessoas na Arena, o Corinthians foi melhor que o Palmeiras na maior parte dos primeiros 45 minutos de jogo. Apesar de ter a maior posse de bola e no geral ter finalizado mais, o Verdão foi menos efetivo no ataque que o arquirrival.

A primeira boa chance de gol na Arena foi dos palmeirenses. Num bom arremate de Borja de dentro da área, mas por cima do travessão. Na sequência, o Corinthians criou duas boas oportunidades, com Jô chutando pra fora e Rodriguinho num belo giro dentro da pequena área obrigando Prass a praticar bela defesa. O Palmeiras respondeu novamente com Borja, que passou por dois marcadores e bateu forte rente de dentro da área, com a bola passando rente a trave direita de Cássio. Aos 27' do primeiro tempo, Arana recebeu de Clayson pela esquerda e tocou para Rodriguinho bater forte. O chute saiu cruzado e a bola encontrou Romero na segunda trave, que tocou de primeira para abrir o placar. 

A torcida ainda comemorava o primeiro gol quando o Corinthians ampliou. Num escanteio, a zaga palmeirense não conseguiu afastar e o zagueiro Balbuena se ajeitou dentro da pequena área para deixar a bola bater no seu corpo e morrer no fundo da rede, aos 29 minutos. A equipe do Palestra Itália diminuiu aos 34'. Após cobrança escanteio, o zagueiro Mina subiu mais que a zaga corintiana e cabeceou no canto esquerdo de Cássio.

Quatro minutos depois, o zagueiro Dracena derrubou Jô dentro da grande área e o árbitro marcou pênalti, que causou certa polêmica. Sob muita reclamação dos palmeirenses, a arbitragem confirmou a penalidade cobrada pelo próprio Jô, que marcou 1 Palmeiras 1 x 3 Corinthians. Na etapa complementar, o Palmeiras marcou o segundo gol aos 22 minutos. Dudu cobrou escanteio e Pablo errou ao tentar cortar mandando para trás. Guerra, dominou dentro da área e acetou um belo chute, vencendo Cássio e definindo o placar.

Nos minutos finais, o técnico palmeirense Alberto Valentim promoveu algumas alterações, visando buscar o gol de empate. Não conseguiu, mas andou perto. Foi do Verdão a última boa chance de gol, quando Roger Guedes fez boa jogada e cruzou com perigo, mas Cássio dentro da área defendeu em dois tempos garantindo o resultado. 

O Palmeiras ainda teve o jogador Deyverson expulso por cotovelada violenta em Felipe Bastos. O resultado foi ruim para os palmeirenses, que agora veem o sonho do bicampeonato ainda mais distante. Ótimo para os corintianos, que volta a colocar boa vantagem sobre os adversários e segue como favorito ao título do Brasileirão 2017. 

Depois da demissão de Levir Culpi e sob o comando técnico do jogador Elano, o Peixe foi melhor que o Galo na Vila Belmiro, e abriu o placar com gol de Arthur Gomes, aos 45 minutos do primeiro tempo. No início da etapa final, Fred empatou para o Atlético de Minas. David Braz colocou o Alvinegro praiano outra vez na frente, aos 15'.

A partir da metade do segundo tempo, o time mineiro melhorou e criou várias oportunidades de empatar o jogo. Duas delas, com Robinho e Leonardo Silva que acertaram a trave. Mas o Santos matou a partida marcando o terceiro gol com Ricardo Oliveira, aos 34 minutos. Na 33ª rodada, o Santos joga de novo na Vila contra o Vasco. O Galo pega o lanterna Atlético-GO, no Independência.

Na Arena Grêmio, o Tricolor gaúcho venceu de virada o Flamengo, por 3 a 1, e se garantiu na terceira posição. Com a derrota, o rubro-negro caiu para o sétimo lugar, com com 47 pontos. No primeiro tempo, que terminou sem gols e muito equilibrado, o Mengão foi levemente superior ao adversário e criou as melhores chances. Os gaúchos chegaram com real perigo somente uma vez, num chute forte cruzado de Ramiro, que Diego Alves defendeu com segurança.

Na etapa complementar, o Flamengo marcou logo no primeiro minuto, com Éverton Ribeiro. O Grêmio empatou e virou com dois gols de Éverton, aos 24' e 26 minutos. E Luan selou a vitória gremista marcando o terceiro, aos 36'. Na próxima rodada, o Grêmio visita a Ponte Preta em Campinas. O Flamengo recebe o Cruzeiro, na Ilha do Urubu.

No Mineirão, o Cruzeiro bateu o Atlético paranaense por 1 a 0, somou 51 pontos e chegou ao 5º lugar. Arrascaeta, marcou um golaço para dar a vitória à Raposa, aos 40' do primeiro tempo. Com o resultado, o Furacão se distanciou da Zona de classificação para aa Libertadores, caindo para a 11ª colocação, com 42 pontos. Atrás do Bahia, com a mesma pontuação, e na frente do Atlético-MG (12º) e do Fluminense (13º), os dois também com os mesmos 42 pontos.

O Tricolor das laranjeiras venceu o Botafogo, que ocupa a sexta posição com 48 pontos, por 2 a 1, no Estádio Nilton Santos. O Bahia venceu a Ponte Preta, por 2 a 0, na Arena Fonte Nova. Na Zona do rebaixamento, a derrota fez a Macaca descer para o 18º lugar, com 35 pontos. Mesma quantidade de pontos do Vitória-BA, o primeiro na lista dos quatro últimos colocados, e do Avaí, agora na penúltima colocação com a derrota por goleada para o Coritiba. 

O Vitória-BA empatou em 1 a 1 com o Vasco, que ficou beirando o G7 com 45 pontos, a dois pontos do Flamengo (7º). Na lanterna do torneio, o Atlético-GO foi derrotado pelo São Paulo, por 1 a 0, no Serra Dourada. Esta foi a terceira vitória seguida do Tricolor paulista, que somou 43 pontos e chegou ao 9º lugar, se afastando de vez da Zona perigosa. O gol do São Paulo foi marcado por Hernanes, aos 21' do primeiro tempo, e na próxima pega a Chapecoense, no Pacaembu. 

A Chape ficou na 14ª posição, com 40 pontos, ao empatar com o Sport em 1 a 1, na Arena Condá. O Leão pernambucano, o primeiro time fora do ZR, se livrou da derrota com gol marcado por André, aos 52' do segundo tempo. Próximo adversário do  Sport será o Botafogo, na Ilha do Retiro.     

No Couto Pereira, sábado à noite, o Coritiba passou fácil pelo o Avaí vencendo de goleada, por 4 a 0. Vitória importantíssima para o Alviverde paranaense, que tendo vencido o Sport na rodada anterior, também de goleada, se afastou um pouco mais da Zona de rebaixamento colocando a equipe catarinense como penúltimo colocado no torneio nacional. 

Os gols do Coxa foram marcados por, Alan Santos, aos 18', pelo goleiro Wilson cobrando pênalti, aos 41' do primeiro tempo. E na etapa final, aproveitando um cruzamento perfeito do lateral esquerdo Thiago Carleto, Tiago Real marcou de cabeça o terceiro, aos aos 6'. E o volante Jonas, fechou a goleada marcando um golaço com um belo chute de fora da área, aos 41 minutos. 

Na próxima rodada, o Coritiba, agora no 15º lugar na tabela de classificação com 38 pontos, jogará contra o Fluminense, quinta-feira (09), às 21:00 horas, no Maracanã.





















(com informações da Gazeta Esportiva)
Imagem: reprodução/Foto: Sérgio Barzaghi/Gazeta Press

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e compartilhe. Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger