quarta-feira, 21 de maio de 2014

Quadrilha usa nome da Maçonaria para aplicar golpe milionário

A Polícia Civil do Paraná desarticulou uma grupo de maçons irregulares que usava o nome da Maçonaria para aplicar golpes anunciando associação à Ordem através e um programa de TV e uma página na internet. Estima-se que o golpe chegou a R$ 4 milhões. A quadrilha tinha como sede um luxoso templo de aparência medieval, da Grande Loja Mista do Rito Memphis-Misraim, localizado na cidade de Campo Largo.
Segundo o delegado chefe da Delegacia de Estelionato e Desvio de Cargas de Curitiba, Marcelo Lemos de Oliveira, o golpe era aplicado há anos, na Capital, em Campo Largo e região metropolitana. "Eles montaram uma maçonaria, mas era tudo golpe para atrair pessoas e angariar dinheiro com as adesões. As pessoas faziam adesão e começavam a contribuir com determinado valor", explicou o delegado.


A Maçonaria não convida ninguém para dela fazer parte. Entretanto, no site utilizado pelos criminosos havia uma ficha para os interessado preencherem. O homem apontado como chefe da quadrilha e sua esposa, já estão presos. Ele, já tinha passagem pela polícia por estelionato e apropriação indébita. Até o momento, 20 vítimas foram identificadas, mas a Polícia acredita que muito mais pessoas tenham sido enganadas.  

Fonte: G1 Paraná
Imagem: reprodução/divulgação


RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger