quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Flamengo empata e deixa escapar o título da Copa Sul-Americana 2017

O Flamengo precisava vencer o Independiente na noite desta quarta-feira (13), no Maracanã, por um gol de diferença e levar a disputa para a prorrogação. O rubro-negro começou melhor na partida, saiu na frente, mas cedeu o empate ainda no primeiro tempo. Na etapa complementar foi mal, não conseguiu reverter o placar e desperdiçou a chance de conquistar o título da Copa Sul-Americana 2017. Assista aos melhores momentos da decisão.
Com o resultado e a vantagem da vitória, por 2 a 1, no jogo de ida, os argentinos sagraram-se bicampeões da competição.

Antes do início do jogo houve confusão provocada por parte da torcida, que invadiu o estádio sem pagar ingresso. Tumulto e violência foi maior no final, com o resultado do jogo. Obrigando intervenção rigorosa da polícia, causando vários incidentes violentos. Lamentável o despreparo da PM para um evento esportivo desse porte.  

Dentro de campo, incentivado pela grande maioria de seus torcedores, o Flamengo jogou melhor que o adversário, no primeiro tempo. E logo no início criou duas boas oportunidades de gol. A primeira aos 4 minutos, no bom chute de Lucas Paquetá que o goleiro Campaña defendeu com segurança. A segunda, dois minutos depois num cruzamento pela esquerda, foi a vez de Felipe Vizeu se antecipar aos zagueiros e desviar com grande perigo para a meta argentina. 

O time portenho conseguiu um bom ataque aos 11 minutos, anulado com boa defesa do goleiro Cesar. A partir dos 13', o rubro-negro carioca teve uma boa sequência no ataque. Éverton teve uma grande oportunidade de marcar o primeiro, mas o arremate foi nas mãos do goleiro. Por volta dos 21 minutos os argentinos tiveram sua primeira chance clara de gol, no chute cruzado de Meza para a pronta intervenção do goleiro flamenguista. 

Aos 30', Diego cobrou falta na área, Juan raspou de cabeça e a bola encontrou Réver que tentou também de cabeça. No lance a bola acabou sobrando nos pés de Lucas Paquetá, que concluiu pro fundo das redes abrindo  placar para o Flamengo. Dez minutos depois, o volante Cuéllar derrubou Mezza dentro da área. Com o auxílio do árbitro de vídeo foi confirmado o pênalti, que o atacante Barco bateu com muita personalidade e empatou a partida. 

Na etapa complementar, muito tenso, o time do Flamengo por mais que tentasse não conseguiu o segundo gol que levaria a decisão para a prorrogação. Por outro lado, mesmo se fechando atrás nos últimos dez minutos, para garantir o resultado, os argentinos também criaram chances de chegar ao gol da virada e matar o jogo. 

Como na arrancada de Gigliotti pelo meio invadindo a área e desperdiçou grande oportunidade chutando para fora, aos 43 minutos. O Flamengo ainda teve uma boa chance, já nos acréscimos. Em uma confusão dentro da área, Réver aproveitou a sobra mas bateu por cima do travessão no último lance da partida.

Pelo que jogou no segundo tempo, o Flamengo não fez por merecer melhor resultado e decepcionou a torcida ficando mais uma vez como vice-campeão em uma grande decisão. Como aconteceu na Copa do Brasil deste ano, quando foi derrotado pelo Cruzeiro. A derrota flamenguista desta vez acabou atingindo outras duas equipes do futebol brasileiro. 

O Atlético mineiro, que torcia pelo sucesso do rubro-negro, fica fora e não vai mais disputar a primeira fase da Copa Libertadores. E o Sport, que perdeu a vaga na Copa Sul-Americana do ano que vem. O Flamengo vai para 18 anos sem conquistar um título internacional.



(com informações da Gazeta Esportiva/Cosme Rímoli)
Imagem: reprodução/Foto: Getty Images

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e compartilhe. Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger