segunda-feira, 6 de agosto de 2018

São Paulo assume a liderança do Brasileirão 2018 Série A. Veja o resumo dos jogos de domingo da 17ª rodada

O São Paulo venceu o Vasco neste domingo (05), no Morumbi, por 2 a 1. Com a vitória, o Tricolor é o novo líder do campeonato brasileiro 2018 somando 35 pontos. Um ponto à frente do Flamengo, que perdeu para o Grêmio, por 2 a 0, no Sábado. Um feito que o Tricolor paulista não conquistava desde 2015, no torneio nacional. Confira os melhores momentos do confronto e de outros cinco jogos realizados neste domingo, válidos pela 17ª rodada do Brasileirão.
Com a derrota para o São Paulo, o Vasco acumulou três partidas seguidas sem vencer no Brasileirão 2018, e ficou na 13ª posição, com 19 pontos. Um a mais que a Chapecoense, primeira equipe fora da Zona do rebaixamento.

O São Paulo abriu o placar no Morumbi logo aos 2 minutos do primeiro tempo. O lateral Militão, que fez sua última partida pelo Clube paulista, recebeu pela direita e cruzou rasteiro na pequena área. O zagueiro Ricardo tentou cortar, mas a bola bateu nas pernas do atacante Rojas e morreu no fundo da rede do goleiro Martín Silva.

O Tricolor seguiu um pouco melhor que o time carioca e quase ampliou, quando Nenê lançou Diego Souza, mas o centro-avante chutou fraco facilitando a defesa do goleiro vascaíno. O Vasco respondeu num lance de bola parada, com Ricardo cabeceando com perigo rente a trave do goleiro Sidão. No fim da primeira etapa, após cobrança de escanteio o São Paulo teve uma boa chance no cabeceio de Ricardo, que Martín Silva defendeu.

No segundo tempo, o time carioca foi melhor que os paulistas e empatou a partida aos 10 minutos. Depois de uma disputa de bola no meio campo, a bola sobrou para Giovanni Augusto que ganhou na velocidade de Bruno Alves, dominou na entrada da área e bateu rasteio na saída de Sidão. No momento em que o Cruz-maltino estava melhor no jogo, o Tricolor chegou ao segundo gol num contra-ataque. Everton se livrou da marcação de Luiz Gustavo pela esquerda e levantou na área para o colombiano Trellez desviar de cabeça e encobrir Martín Silva para marcar o gol da vitória e da liderança do São Paulo.   

Na próxima rodada, o São Paulo jogará contra o Sport, no próximo domingo, na Ilha do Retiro. O Vasco tem o jogo da volta na segunda fase da Copa Sul-Americana, na quinta-feira contra a LDU, em São Januário. Pelo Brasileirão, o Cruz-maltino enfrentará o Palmeiras, também no domingo (12), às 19:00 horas, no Allianz Parque.

Além deste confronto que apontou o São Paulo com líder do Brasileirão 2018, a 17ª rodada, que fecha na segunda-feira com a importante partida entre Atlético mineiro e Internacional, no Independência, teve três empates em 1 a 1. Mais o empate em zero a zero entre América-MG e Palmeiras, e ainda o confronto direto na Zona do rebaixamento que reuniu os dois últimos colocados,  Ceará e Paraná Clube, com o Tricolor paranaense voltando à lanterna do campeonato.

No Independência, o Palmeiras reestreou o técnico Felipe Scolari no comando da equipe, e com os  reservas ficou no zero a zero contra o América. Aos 23 minutos da etapa inicial, o Verdão paulista perdeu a chance de abrir o placar quando Matheus Ferraz cometeu pênalti em Moisés, mas João Ricardo acertou o canto e defendeu. Já no segundo tempo, foi a vez do Coelho perder a chance de marcar o primeiro gol da partida, que acabou não saindo para nenhum dos lados. Pela direita, Aderlan cruzou rasteiro, Thiago Santos cortou e no rebote Ruy chutou colocado e acertou o travessão do goleiro Weverton. 

Com o resultado, o Plameiras permanece na 6ª colocação, com 27 pontos, e na quinta-feira, às 21:00 horas, no Estádio La Olla, em Assunção (PAR), encara o Cerro Porteño pelas oitavas de final da Copa Libertadores 2018. O América-MG chegou aos 21 pontos e aprece na 10ª colocação no campeonato brasileiro, e na próxima rodada pega O Bahia, sábado , às 19:00 horas, na Arena Fonte Nova. 

No Durival de Britto, na Vila Capanema, em Curitiba, o confronto direto na Zona de rebaixamento terminou com a derrota do Paraná  para o Ceará, por 1 a 0. A primeira parte da etapa inicial, o  Tricolor paranaense jogou melhor que o time cearense e criou várias oportunidades, mas o Vozão na primeira chance abriu o placar, aos 14 minutos. Juninho Quixadá recebeu na entrada da grande área, se livrou da marcação e bateu no cantinho, sem chance de defesa para o goleiro Richard. 

A equipe paranista não se abateu com o gol, levou grande pressão à defesa cearense e esteve bem perto de empatar o jogo ainda no primeiro tempo. Aos 30 minutos, Nadson arriscou com chute colocado e Everson fez ótima defesa. Três minutos depois, o goleiro alvinegro outra vez anulou a chance paranista num bom chute Nadson. 

No segundo tempo, o técnico Rogério Micale promoveu a reestreia de Maicosuel no Paraná e a entrada de Alex Santana. Saíram, Nadson e Leandro Vilela. O Tricolor subiu de produção e logo primeiro minuto, Maicosuel deu início à jogada que quase resultou no gol de empate do Tricolor, mas Rayan perdeu a grande chance chutando pra fora debaixo da trave. Aos 14', Maicosuel fez ótima jogada individual, passou por dois marcadores dentro da área mas o arremate saiu rente ao poste esquerdo da meta de Everson. No final o jogo era ataque contra defesa, porém o Paraná não conseguiu concluir com sucesso. 

Com a derrota, o Tricolor paranista volta à lanterna do Brasileirão 2018, com 13 pontos, e na próxima enfrentará o Botafogo, domingo, outra vez em casa. Na penúltima colocação, com um ponto a mais, o Ceará jogará contra o Atlético paranaense, sábado, no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza. 

No Barradão, Vitória e Cruzeiro fizeram uma partida de muitas chances de gol, que no final terminou com um gol para cada lado marcados no segundo tempo. Na etapa inicial, a Raposa, com maioria de suplentes escalados, teve mais oportunidades de marcar o primeiro gol. A melhor chance foi de Rafael Sobis, que acertou a trave aos 26 minutos de jogo. Aos 35', o goleiro Ronaldo defendeu uma cobrança de falta espalmando dentro da área, Bruno Silva pegou e rebote mas a bola parou no corpo do zagueiro Aderllan. 

No segundo tempo, tanto o Leão quanto a Raposa criaram boas chances de marcar o primeiro gol do jogo. Aos 3 minutos, na sobra de uma cobrança de falta, Aderllan cruzou para Walter Bou, sozinho, cabecear pra fora, mas com perigo. Na sequência, outra vez Rafael Sobis mandou no travessão. Aos 13', foi a vez de Neílton acertar a trave, depois do goleiro Rafael dar rebote no chute de Yago. Aos 26', o Vitória abriu o placar. Neílton foi derrubado por Murilo dentro da área. Pênalti indiscutível que o próprio atacante cobrou e converteu. 

Quatro minutos depois, o Cruzeiro empatou a partida. Arrascaeta cobrou uma falta na cabeça de Manoel, que subiu à vontade para deixar tudo igual no Barradão. Nos acréscimos, Manoel fez o segundo gol, que daria a vitória ao Cruzeiro. Mas a arbitragem anulou o lance alegando que o zagueiro fez falta em Aderllan, no momento em que subiu para concluir de cabeça. Depois do término do jogo, Manoel afirmou que não fez a falta e que o árbitro errou ao marcar a infração. Em entrevista, o técnico Mano Menezes reclamou muito da anulação do gol do time mineiro.

Com o empate em 1 a 1, o Cruzeiro somou 25 pontos e ficou em 8º lugar. Na quarta-feira, a equipe mineira joga contra o Flamengo pelo Copa Libertadores, e no domingo (12), encara outra vez o Rubro-negro na 18ª rodada do campeonato brasileiro, no Maracanã. Com o ponto somado, o Vitória tem 19, na na 14ª posição, e seu próximo adversário será o Grêmio, em Porto Alegre. 

Outros dois jogos, realizados às 19:00 horas do domingo, tiveram o mesmo resultado de um gol para cada lado. No Maracanã, o Fluminense recebeu o Bahia. O Tricolor das Laranjeiras abriu o placar aos 20 minutos do primeiro tempo com um golaço do artilheiro Pedro. Mas tomou um sufoco do Tricolor da Aço, que empatou com gol de cabeça do atacante digar Junior, aos 36', da segunda etapa. No final, o time carioca partiu em busca do gol da vitória, mas a equipe baiana se defendeu bem garantindo o importante resultado fora de casa. 

O resultado não foi bom para  Fluminense, que se distanciou do G6 ficando em 9º lugar, com 22 pontos, e na próxima rodada enfrentará o Internacional, segunda-feira (13), no Maracanã. O Bahia ficou próximo à ZR com 18 pontos, na 15ª posição e joga a 18ª rodada do Brasileiro no sábado, contra o América mineiro. Na quarta-feira (08), o Tricolor baiano vai ao Uruguai para encarar o Cerro, na partida de volta da segunda fase da Copa Sul-Americana. Na partida de ida, em Salvador, o Bahia venceu por 2 a 0. 

Na Ilha do Retiro, o duelo entre Sport e Chapecoense também terminou com empate em 1 a 1. A equipe catarinense entrou recuada, mas abriu o placar aos 11 minutos de jogo. Yan fez boa jogada individual pela esquerda, se livrou do marcador e rolou para Wellington Paulista, que cutucou de primeira para o fundo da rede. Em vantagem, a Chape recuou ainda mais e o Leão da Ilha aumentou a pressão criando várias oportunidades até o fim do primeiro tempo, porém sem conseguir anular a vantagem do adversário. 

No segundo tempo, a Chapecoense seguiu na forte retranca dificultando a chegada do Sport, que se limitava aos cruzamentos e chutes de longa distância, sem dar muito trabalho ao goleiro Jandrei. Claramente jogando para garantir o resultado, mesmo assim o time catarinense teve duas grandes chances de marcar o segundo gol, mas o goleiro Magrão salvou o time pernambucano nas duas ocasiões seguidas. 

Aos 32', o goleiro do Sport foi preciso ao defender o bom chute de Canteros de fora da área, espalmando para escanteio. Na cobrança, a bola sobrou para Thyere finalizar cara a cara e Magrão fez espetacular defesa evitando o segundo gol do adversário. No minutos finas, o Sport partiu com tudo para tentar o gol de empate, que veio nos acréscimos. Aos 46', Cláudio Winck cruzou da direita para Carlos Henrique dentro da área cabecear com precisão e livrar o Leão da Ilha de sua quinta derrota no Brasileirão 2018. 

Com o resultado, a Chapecoense somou 18 pontos, fica na 16ª posição e joga o Santos, com uma partida e um ponto a menos, na Zona de rebaixamento. Na próxima rodada, o time catarinense enfrenta o Corinthians, domingo, na Arena Condá. Já o Sport, vai a 20 pontos e ocupa o 12º lugar na tabela de classificação. O Leão do Recife recebe o líder São Paulo na próxima, domingo, na Ilha do Retiro.                                           













(com informações da Gazeta Esportiva)
Imagem: reprodução/Foto: Marcelo Zambrana/Agif

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger