sábado, 13 de março de 2021

Toffoli prometeu a Villas Bôas que manteria Lula preso até as eleições

www.seuguara.com.br/Dias Toffoli/STF/
A ameaça do então comandante do Exército, Eduardo Villas Bôas, sobre o Supremo Tribunal Federal (STF) diante da votação sobre habeas corpus que poderia colocar o ex-presidente Lula em liberdade fez com que o futuro presidente da Corte, Dias Toffoli, se reunisse com o militar e prometesse manter Lula detido até depois das eleições.
www.seuguara.com.br/Dias Toffoli/STF/

Segundo reportagem de Monica Gugliano e Tânia Monteiro, na Revista Piauí, Toffoli foi até o gabinete do general cerca de cinco meses após o tuíte golpista, que voltou ao debate público com a publicação de livro "General Villas Bôas: conversa com o comandante", onde ele admite que a mensagem foi discutida com o Alto Comando do Exército


Informações repassadas à reportagem apontam, que Toffoli fez a seguinte promessa ao militar em agosto: "Vocês fiquem tranquilos. Enquanto eu estiver na presidência [do STF] não haverá alteração da lei de anistia e tampouco outras coisas de caráter ideológico".


O general ainda contou ao interlocutor que Toffoli "nos afirmou que até a eleição ele não ia pautar nada que alterasse a situação do presidente Lula, tanto do ponto de vista de punição de segunda instância, quanto da questão da lei da ficha limpa eleitoral".


Confira aqui a reportagem completa, na Piauí


Por Lucas Rocha na Fórum

Imagem: reprodução


RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger