sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Especial WikiLeaks.

Quando em Novembro de 2010, o australiano Julian Assange, fundador do site WikiLeaks divulgou mais de 250 mil documentos secretos da diplomacia dos EUA, inclusive alguns que envolvem também personalidades brasileiras, talvez já esperasse pelo grande impacto que causaria na midia internacional. Mas não contava que isso lhe causasse uma tremenda dor de cabeça, além de explendida notoriedade. Não demorou muito para que o Departamento de Justiça americano seguisse em seu encalço. Assange, declarou em entrevista ao site da revista New Statesman, que detém documentos sigilosos que envolvem a diplomacia americana e o magnata Rupert Murdoch, dono do conglomerado News Corp. E ameaça divulgá-los, caso alguma coisa aconteça a ele ou à sua organização. Assista um documentário especial sobre o modus operandi do WikiLeaks.
         

O Grupo News Corp, agrega importantes jornais, como o The Times, Sun, News of The World, e o Wall Street Journal. Segundo informou o Portal Imprensa, Murdoch pretende adquirir ações da operadora de TV BskyB, concorrente da BBC, de Londres. O negócio é visto por representantes de grandes grupos de mídia britânicos, como uma forma de dominar o mercado das Telecomunicações do país. Fortalecendo o monopólio, e afetando a livre concorrência. 

Julian Assange, comprovadamente possui muitos informantes e colaboradores. Uns revelam-se, outros não. Parece convicto em suas intenções de fazer prevalecer até as últimas consequências, o direito da livre expressão.

Confira alguns de seus posicionamentos no documentário abaixo, apresentado pela TV estatal sueca (SVT).
O vídeo foi postado no YouTube por Dropano. Dura pouco mais de 57 minutos. Você pode optar por baixar via Torrent, aqui.


  



Para quem ainda não sabe, o site Opera Mundi, criou um Blog especial (OperaLeaks) para cobertura e divulgação das novidades do WikiLeaks. 



Em tempo: Julian Assange dará uma entrevista exclusiva para o público brasileiro. Natalia Viana em conjunto com o pessoal do WikiLeaks, irão selecionar 10 perguntas enviadas para seu site. A entrevista vai ser publicada somente na Internet. Fique de olho.

PS: (22/01/2010) - Centro Europeu de Pesquisa com Auxílio do Computador,  apoiado pela Associação de Jornalistas Investigativos da Holanda (VVOJ), facilita a pesquisa de documentos publicados pelo WikiLeaks. O endereço é: http://cablesearch.org/.


Fonte: PortalImprensa.
Imagem: FestivalDeBesteirasnaImorensa.
    
RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e compartilhe. Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger