sábado, 2 de março de 2013

Um passo para o fim dos privilégios dos parlamentares


É uma afronta ao povo brasileiro a remuneração recebida pelos nossos parlamentares para o exercício do cargo, quando a grande maioria dos trabalhadores sobrevive com o mínimo. Considerando o custo de um cargo dentro do governo em outros países, chega a ser uma aberração. Engordada por benefícios indiretos, ao final do mandato permite que o deputado ou senador seja dono de uma fortuna para a qual a maioria nem fez por merecer. Um assalariado comum levaria anos para consegui-la, se viver o suficiente para para tanto.

Parece que o Governo atual começa a abrir os olhos para essa tamanha disparidade. Finalmente, no último dia 27/02, a Câmara dos deputados aprovou por unanimidade o fim da chamada ajuda de custo concedida aos parlamentares no fim e no início de cada ano. Conhecida como 14º e 15º salários, era equivalente ao valor mensal que recebe cada deputado e senador. De acordo com o projeto aprovado o benefício será pago somente no primeiro e no último mês do mandato, com a finalidade de cobrir despesas com mudança e transporte.


A autoria deste projeto pertence a senadora e hoje ministra-chefe da casa civil, Gleisi Hoffman (PT-PR). Já aprovado pelo Senado e, com a votação na Câmara, será promulgado pela mesa diretora das duas Casas de Lei. 

Certamente teve parlamentar que não gostou da decisão. Como o deputado Newton Cardoso (PMDB-MG), que em discurso no plenário disse que é uma deslealdade com os deputados, mesmo votando a favor do fim do benefício.  


Informações: Agência Brasil
Imagem: reprodução/marcelofranco


           
RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger