quinta-feira, 4 de julho de 2013

Plebiscito sobre a reforma política deve ficar para 2014. Veja quadros explicativos sobre o assunto.

Segundo o vice-presidente da República, Michel Temer, "não há mais tempo hábil para fazer consultas até outubro, já que o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) pediu pelo menos 70 dias para organizar o processo". O envio do Plebiscito ao Tribunal Eleitoral depende da publicação de decreto com os questionamentos do Congresso Nacional.
Isso levaria mais ou menos uns 90 dias, segundo o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). Depois de passar pela Câmara o projeto terá que seguir aos Senado para aprovação. 
Assim sendo, o Plebiscito sobre a reforma política ocorrerá em 2014, mas as regras valerão só em 2016. A decisão foi anunciada em reunião ocorrida hoje (04) no Palácio Jaburu (residência oficial do vice-presidente), com líderes da base aliada do Governo na Câmara e o ministro da justiça, José Eduardo Cardozo. 
  






Fonte: Agência Brasil
Informações e imagens/reprodução/R7


RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e compartilhe. Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger