domingo, 7 de junho de 2020

Google tira do ar dossiê com dados de antifascistas

Jornal GGN - O Google excluiu um arquivo divulgado na última quinta-feira com informações de três mil pessoas que aderiram, por meio das redes sociais, ao movimento contra o fascismo. Segundo informações do jornal O Globo, o dossiê de 999 páginas continha dados como nome completo, foto e profissão dos ativistas, contas em redes sociais e até números de documentos e endereços pessoais e estava armazenado no Google Drive.

A divulgação de tais informações violou os termos de serviço da empresa. Os dados foram publicados por um usuário denominado "Silvia Senne", e podia ser acessado por um link disseminado pelos grupos de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro. A maioria das pessoas expostas fez publicações ligando sua imagem ao símbolo da causa ou escreveram comentários a respeito do assunto.

A campanha contra o fascismo tem avançado nas redes sociais brasileiras, com ativistas evidenciando o viés autoritário no bolsonarismo e fazendo comparações com movimentos marcados por autocracias focadas em figuras ditatoriais, dentre elas Benito Mussolini. 

Imagem: reprodução

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger