quinta-feira, 6 de agosto de 2020

Athletico vence o Coritiba de virada e fatura o campeonato paranaense 2020, com dois golaços nos acréscimos

www.seuguara.com.br/campeonato paranaense 2020/Coritiba/Athletico/
O Athletico-PR conquistou o título de campeão do Campeonato Paranaense pela terceira vez consecutiva ao vencer o Coritiba de virada, por 2 a 1, nesta quarta-feira (05), no Couto Pereira. O Coxa saiu na frente, com gol de pênalti, nos acréscimos do primeiro tempo. O Furacão virou o placar com dois golaços marcados nos acréscimos da etapa final, sacramentando a bela vitória. Confira os principais lances do clássico decisivo.
www.seuguara.com.br/Coritiba/Athletico/decisão/campeonato paranaense 2020/
O jogo foi pegado desde o início, com os dois times mostrando garra e disposição. O Alviverde teve mais a posse da bola e foi superior ao Rubro-negro, pelo menos até a metade do primeiro tempo, quando o principal atacante do Coritiba, Rafinha, teve que deixar o campo. Rafinha sofreu falta violenta de Abner, e lesionado foi substituído por Thiago Lopes com o Alviverde perdendo grande parte do seu poder ofensivo. 

Contudo, aos 36', o Coritiba construiu a melhor oportunidade no ataque com chance real de gol. Galdezani roubou a bola de Léo Cittadini e tocou para Sabino fazer um lançamento preciso  para Igor Jesus, que entrou na área e bateu firme com o é direito obrigando o bom goleiro Santos a praticar grande defesa. O Furacão respondeu no minuto seguinte. Carlos Eduardo recebeu pelo lado esquerdo, deixou Patrick Vieira para trás com um drible entre as pernas do lateral e finalizou já dentro da área, mas o arremate foi desviado pela defesa coxa branca. 

Já nos acréscimos, no último lance dos primeiros 45 minutos, num cruzamento pelo alto dentro da grande área, Robson dominou no peito e pronto para finalizar foi derrubado por Adriano. O árbitro acertadamente assinalou pênalti, convertido pelo zagueiro Sabino chutando no canto esquerdo, deslocando o goleiro Santos. 

No segundo tempo, o confronto seguiu equilibrado com raras chances de ambos os lados. A primeira boa oportunidade foi do Coritiba, aos 17 minutos, em uma boa jogada individual de Robson. Invadindo a área o atacante se livrou de dois marcados e bateu de esquerda muito perto da trave direita de Santos. Aos 26', o Coritiba teve enorme chance de ampliar o placar. Robson cruzou da esquerda e a bola encontrou Gabriel dentro da pequena área, que finalizou de primeira. à queima roupa, Santos fez um milagre e conseguiu defender com a perna. 

Aos 33 minutos, o Athletico quase empatou numa boa troca de passes que terminou com Pedrinho já dentro da área tocar de calcanhar para Wellington, livre de frente para o gol finalizar por cima do travessão. Quando parecia que a decisão se encaminharia para a disputa de pênaltis, já que o Athletico venceu a primeira partida da final por 1 a 0, veio a virada do Furacão.

Aos 45', a bola sobrou limpa para Khellven fora da área, que de longe mandou a bomba no ângulo esquerdo sem chance de defesa para o goleiro Muralha marcando um golaço espetacular. Dois minutos depois, o goleiro do Coritiba errou feio na saída da bola lançando nos pés de Nikão, que ajeitou o corpo e bateu com categoria de curva, por cobertura, marcando outro golaço. O segundo gol do Athletico, que garantiu a conquista do título de campeão do Campeonato Paranaense 2020. 




As duas equipes voltam a campo já no fim de semana, pelo Campeonato Brasileiro 2020. O Athletico enfrentará o Fortaleza, sábado, às 19:00 horas, no Castelão. O Coritiba estreia no Nacional enfrentando o Internacional, às 19:30 horas, no Couto Pereira.    

(com informações da Gazeta Esportiva)
Imagem: reprodução/Foto: divulgação/Coritiba

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger