domingo, 29 de março de 2009

Projeto Oásis: meio ambiente e preservação dos recursos naturais.

Seguindo a vocação deste Blog cuja finalidade também é vincular informações relevantes, repasso o que recebi do amigo Antonio Alfredo Passarelo Jr., engenheiro agronomo que atua no município de Imbituva (PR) e região.
Trata-se de um projeto de preservação do meio ambiente, cuja finalidade é levar aos produtores rurais,uma perspectiva de mudança da realidade quanto à preservação das nascentes de água e do reflorestamento em terras de sua responsabilidade.
Se o município onde você reside tem entre suas atividadees econômicas a agricultura, esta matéria merece sua atenção e quem sabe poderá comentá-la em seu ambiente de trabalho, ou se você milita na área politica de sua cidade poderá, de repente, levar para discusão na camara municipal.
Segue a íntegra do texto recebido:

Apucarana lança nesta nesta segunda-feira o Projeto Oásis
>
> A Prefeitura de Apucarana lança nesta nesta segunda-feira (23) o Projeto
> Oásis, iniciativa que vai garantir benefícios àqueles produtores rurais que
> se dedicam à preservação de recursos naturais em suas propriedades.
>
> Na semana em que se celebra o Dia Mundial da Água, comemorado no domingo
> (22), um exemplo de conscientização e respeito a esse recurso natural já
> pode ser encontrado em Apucarana.
>
> No município, os produtores rurais que mantêm suas nascentes preservadas,
> de acordo com a legislação ambiental, receberão apoio técnico e financeiro
> da prefeitura local. Também serão beneficiados os produtores que, a partir
> de agora, começarem a recuperar áreas, tornando-as de preservação
> permanente.
>
> A novidade faz parte do “Projeto Oásis/Apucarana, que visa mudar a
> realidade do município por meio da conscientização e incentivos, voltados
> para a preservação das águas e reflorestamento das matas ciliares.
>
> “Trata-se de uma iniciativa que vai além do fator financeiro. Pois estamos
> falando em ganho ambiental, qualidade de vida para essa geração e gerações
> vindouras”, afirmou o prefeito de Apucarana, João Carlos de Oliveira.
>
> Para o presidente do Sindicato Rural de Apucarana, Jorge Nishikawa, a
> iniciativa do prefeito João Carlos de Oliveira comprova que o cuidado com o
> meio ambiente e seus recursos naturais é responsabilidade de todos e não
> apenas dos produtores rurais.
>
> “Espero que esse grande exemplo sirva para os demais municípios do Paraná e
> de todo o País. Ao reconhecer os cuidados que o produtor rural tem em
> relação ao meio ambiente, o prefeito reconhece o quanto a nossa classe faz
> em benefício de toda a sociedade”, disse.
>
> Abrangência - A longo prazo, o Projeto abrangerá as bacias hidrográficas de
> Pirapó, Tibagi e Ivaí. Primeiramente, a iniciativa vai envolver produtores
> que possuem propriedades na bacia do Rio Pirapó, que abastece a cidade de
> Maringá. Só no município de Apucarana, o Pirapó atinge mais de 550
> propriedades numa área de, aproximadamente, 170 km².
>
> O benefício assegurado pelo Projeto é de quatro anos e pode ser prorrogado
> por igual período. Para pleiteá-lo, o proprietário rural precisa se
> cadastrar na prefeitura de Apucarana que, por meio de uma comissão técnica,
> analisará no local se a nascente está devidamente protegida de acordo com o
> Código Florestal Brasileiro.
>
> Notícias Sistema Faep-23.03.09 .

Postagem relacionada: ÁGUA: A FONTE DA VIDA.
RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger