Mostrando postagens com marcador água. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador água. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 14 de abril de 2015

Duas em cada três pessoas sofrerão com a escassez de água em 2050


Devido ao uso excessivo de recursos hídricos para a produção de alimentos, dois terços da população mundial será afetada pela escassez de água em 2050. O alerta é da Organização da ONU para a Alimentação e a Agricultura (FAO) em uma das conclusões do relatório “"Para um futuro com segurança hídrica e alimentícia”, apresentado hoje no segundo dia do VII Fórum Mudial da Água (FMA), realizado em Daegu (Coreia do Sul).
Leia Mais ►

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Tarifa de água e esgoto terá aumento a partir de 13 de março

Em meio ao embate com professores e funcionalismo público sobre medidas que retiram seus direitos, o governador Beto Richa assinou na última quarta-feira (11), o decreto que autoriza o reajuste de 12,5% na tarifa de de água e esgoto da Sanepar. Consta do comunicado publicado nesta sexta-feira no Diário Oficial do Comércio, Indústria e Serviços, que o reajuste será aplicado em duas etapas.
Leia Mais ►

domingo, 29 de março de 2009

Projeto Oásis: meio ambiente e preservação dos recursos naturais.

Seguindo a vocação deste Blog cuja finalidade também é vincular informações relevantes, repasso o que recebi do amigo Antonio Alfredo Passarelo Jr., engenheiro agronomo que atua no município de Imbituva (PR) e região.
Trata-se de um projeto de preservação do meio ambiente, cuja finalidade é levar aos produtores rurais,uma perspectiva de mudança da realidade quanto à preservação das nascentes de água e do reflorestamento em terras de sua responsabilidade.
Se o município onde você reside tem entre suas atividadees econômicas a agricultura, esta matéria merece sua atenção e quem sabe poderá comentá-la em seu ambiente de trabalho, ou se você milita na área politica de sua cidade poderá, de repente, levar para discusão na camara municipal.
Segue a íntegra do texto recebido:

Apucarana lança nesta nesta segunda-feira o Projeto Oásis
>
> A Prefeitura de Apucarana lança nesta nesta segunda-feira (23) o Projeto
> Oásis, iniciativa que vai garantir benefícios àqueles produtores rurais que
> se dedicam à preservação de recursos naturais em suas propriedades.
>
> Na semana em que se celebra o Dia Mundial da Água, comemorado no domingo
> (22), um exemplo de conscientização e respeito a esse recurso natural já
> pode ser encontrado em Apucarana.
>
> No município, os produtores rurais que mantêm suas nascentes preservadas,
> de acordo com a legislação ambiental, receberão apoio técnico e financeiro
> da prefeitura local. Também serão beneficiados os produtores que, a partir
> de agora, começarem a recuperar áreas, tornando-as de preservação
> permanente.
>
> A novidade faz parte do “Projeto Oásis/Apucarana, que visa mudar a
> realidade do município por meio da conscientização e incentivos, voltados
> para a preservação das águas e reflorestamento das matas ciliares.
>
> “Trata-se de uma iniciativa que vai além do fator financeiro. Pois estamos
> falando em ganho ambiental, qualidade de vida para essa geração e gerações
> vindouras”, afirmou o prefeito de Apucarana, João Carlos de Oliveira.
>
> Para o presidente do Sindicato Rural de Apucarana, Jorge Nishikawa, a
> iniciativa do prefeito João Carlos de Oliveira comprova que o cuidado com o
> meio ambiente e seus recursos naturais é responsabilidade de todos e não
> apenas dos produtores rurais.
>
> “Espero que esse grande exemplo sirva para os demais municípios do Paraná e
> de todo o País. Ao reconhecer os cuidados que o produtor rural tem em
> relação ao meio ambiente, o prefeito reconhece o quanto a nossa classe faz
> em benefício de toda a sociedade”, disse.
>
> Abrangência - A longo prazo, o Projeto abrangerá as bacias hidrográficas de
> Pirapó, Tibagi e Ivaí. Primeiramente, a iniciativa vai envolver produtores
> que possuem propriedades na bacia do Rio Pirapó, que abastece a cidade de
> Maringá. Só no município de Apucarana, o Pirapó atinge mais de 550
> propriedades numa área de, aproximadamente, 170 km².
>
> O benefício assegurado pelo Projeto é de quatro anos e pode ser prorrogado
> por igual período. Para pleiteá-lo, o proprietário rural precisa se
> cadastrar na prefeitura de Apucarana que, por meio de uma comissão técnica,
> analisará no local se a nascente está devidamente protegida de acordo com o
> Código Florestal Brasileiro.
>
> Notícias Sistema Faep-23.03.09 .

Postagem relacionada: ÁGUA: A FONTE DA VIDA.
Leia Mais ►

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

ÁGUA: A FONTE DA VIDA.

Essencial à vida dos seres vivos a água potável, ou seja aquela que chega até nós em condições de uso, livre de qualquer tipo de contaminação, é cada vez mais escassa, torna-se preocupação constante de todos os governantes.

“De acordo com a Science Debate 2008, 39 estados americanos experimentarão escassez de água na próxima década. O presidente eleito Obama pensa que o ponto de partida para as políticas hídricas é reorganizar a forma como os Estados Unidos usa o precioso recurso: “os preços e as políticas devem estabelecer-se de forma que se dêem a todos incentivos claros para usar a água eficientemente e evitar o desperdício. As regulações que afetam o uso da água em dispositivos e incentivos para mudar os jardins irrigados em paisagismo ‘que usem a água inteligentemente’ são alguns exemplos”.
Obama afirma que o governo tem a obrigação de dar assistência para o desenvolvimento de técnicas para o uso eficiente da água: “informação, capacitação e, em alguns casos, assistência econômica, devem estar disponíveis para os agricultores e negócios que necessitam adotar melhores práticas de eficiência hídrica”. Acrescenta que estabelecerá um plano nacional para assistir às “regiões de alto crescimento” no que se refere à gestão da água.
Finalmente, o presidente eleito pensa que a tecnologia desempenhará um papel vital na proteção dos recursos hídricos: É “crítico que embarquemos em um programa concertado de pesquisa, desenvolvimento e testes de novas tecnologias que reduzam o uso da água”.

Levando em consideração o tratamento a que deve ser submetida a água, para que se torne potável e própria para o consumo humano, ulitilizam-se processos que envolvem a decantação, filtração, fluoretação, desinfecção, e floculação. Bem, se tudo isso é necessário, imaginemos que cada vez mais esse bem essencial, está sofrendo a ação do próprio homem, na medida em que produz mais lixo e mais poluição, comprometento os rios e mananciais, fontes do abastecimento dos seres vivos do planeta.
Importante salientar que no processo de tratamento, a água sofre a intervenção de vários produtos químicos, como cloro e fluor que, se utilizados de maneira equivocada provacaria efeitos negativos à nossa saúde. Considerando ainda, que no percurso através dos canos vai absorvendo microorganismos, cheiro e gosto, por elementos bacteriológios e oxidantes. Mas, e os poços artezianos? Esses dependeriam da profundidade e da localização do lençol freático, que poderá não estar isento dos efeitos da utilização desenfreada de herbecidas e fungecidas utilizados na agropecuária, que por sua vez é a vilã do consumo de água. Sem contar que estes, poderiam estar empreguinados de metais pesados, igualmente produtores de várias doenças. E a água engarrafada? Comprovadamente boa para a saúde, devido aos sais minerais nela contidos? Esta enfrentaria um inimigo oculto. O transporte. Quase numca feito de forma adequada, e dependendo do trajeto chegará ao destino com sua composição alterada, quando não já contaminada. Sem considerar o impacto ambiental provocado pela embalagem, produzida através de componentes do petróleo e gases naturais, não renováveis pela natureza. Apesar do processo de reciclagem, as chamadas garrafas pet, rolam por aí afora, nos rios, nas florestas e nos mares, levando até 1000 anos para se decomporem, devido a falta de conscientização ecológica do próprio homem.
Eis o ponto! Não obstante, alternativas viáveis de filtragem e purificação da água para uso doméstico, seja para beber, (matar a sede) ou preparar alimentos, cuja ótima opção encontrei AQUI, a questão da preservação estaria intimamente ligada a idéia da economia e uso racional, e diz respeito a cada um de nós, e nossa contribuição para a normalidade do ciclo hidrológico desse imprescindível bem.
Preserve! Em 20 anos faltará água para 60% do mundo, diz a ONU. E a escassez será o principal motivo de guerra entre as nações, fala a mídia. Não polua! Seus futuros sobrinhos e netos, lembrarão de você!
Aumente o som. Respire com a água.

CANAL: Thumaiss.
Posts relacionados: consciência ecológica.
Leia Mais ►

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger