domingo, 1 de novembro de 2015

Nova aposentadoria beneficia homens e mulheres de 50 a 58 anos


Do jornal O DIA, de Brasília – “Com o aumento da progressividade da Fórmula 85/95 no cálculo de aposentadorias do INSS por tempo de contribuição, trabalhadoras entre 50 e 53 anos de idade e homens com 55 a 58 anos serão os maiores beneficiados com a adoção do mecanismo que soma idade com tempo de serviço e garante benefício integral sem incidência do fator previdenciário.

A presidenta Dilma Rousseff tem até a próxima quinta-feira para sancionar ou vetar a MP aprovada pelo Congresso que ampliou a vigência da progressão: a soma 85 para mulheres e 95, para homens, por exemplo, valerá até 30 de dezembro de 2018.

O texto prevê escala mais longa, adicionando um ponto no cálculo da aposentadoria a cada dois anos, até chegar em 2020 no patamar de 90/100 pontos para mulheres e homens, respectivamente.

Novas regras aposentadoria
“As trabalhadoras serão as mais beneficiadas. Elas são as maiores prejudicadas por conta da expectativa de vida superior a dos homens quando o cálculo é feito pelo fator previdenciário”, explica o advogado Luis Felipe Veríssimo, do Instituto de Estudos Previdenciários (Ieprev).

Segundo o especialista, ganhará quem conseguir completar os 85/95 pontos até dezembro de 2018. “Um homem que começou a trabalhar com 20 anos e contribuiu por 35 anos, por exemplo, hoje teria 55 de idade. Somando ao tempo de serviço chegaria a 90 pontos. Para atingir os 95, teria que somar mais cinco pontos.

Isso significa dizer que terá que trabalhar por mais dois anos e meio e estaria na escala dos 95 pontos que vai até o fim de 2018”, exemplifica Veríssimo, ressaltando que um trabalhador com 58 anos e 35 de contribuição teria que contribuir por mais um ano para se aposentar integralmente.

O advogado cita o caso de uma mulher que hoje tem 50 anos de idade, mas começou a trabalhar aos 20 e já contribuiu por 30 anos. Ela teria 80 pontos e precisaria atingir 85. Assim, seria obrigada a trabalhar por mais dois anos e meio para completar o patamar até 2018. Já uma trabalhadora com 53 anos e 30 de serviço teria que trabalhar por mais um ano para receber aposentadoria integral.

O contador Moisés Freire, 57, será beneficiado pela nova fórmula. Ele tem 37 anos de serviço e soma 94 pontos. Terá que trabalhar mais seis meses para atingir 95 pontos"

Desaposentar ainda não


Além da nova fórmula de aposentadoria, a medida aprovada permite a chamada desaposentação, que é a possibilidade de o aposentado que continua trabalhando com carteira assinada pode fazer novo cálculo de benefício. O valor final vai considerar período de contribuição após a concessão do benefício. É preciso que o segurado tenha contribuído por mais cinco anos. Nos bastidores de Brasília, a expectativa é de que Dilma vete a desaposentação mas mantenha a Fórmula 85/95 progressiva."

***

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

1 Comentário:

BRASIL ESPÉRANÇA edson tadeu disse...

esse deve esta abilolado por defender essa formula,. ele esquece que so uma pequena parte de trabalhadores conseguem se aposentar com 35 anos de serviço. que deverao somar-se aos 60 anos de idade que vao dá 95 anos. para poder se aposentar. Na verdade todos esses calculos elaborados nos ultimos 5 ou 10 anos sao uma armadilha pois leva com ela a desculpa de que o brasileiro esta vivendo mais,. Pode está vivendo mais uma coisa é voce viver mais e outra é voce ter condiçoes de continuar trabalhando ate 60 anos de idade. Tanto faz homens e mulhres depois dos 50 anos começam a ter problemas de memoria o corpo ja nao atende mais como antes as condiçoes fisicas da pessoa deixa a desejar em qualquer empresa que ele esteja trabalhando. RESUMO. A APOSENTADORIA CERTINHA DEVIA FICAR APENAS EM COMPLETAR 60 ANOS DE TRABALHO . sE ANTES ERA 55 QUE FIQUE NOS 60 ANOS,. ou entao que fique nos 35 ANOS DE SERVIÇO. Poucas pessoas conseguem seu primeiro emprego aos 20 anos de idade. por isso esse fator é uma armadilha. Quem lê esse texto ver como ele se contradiz afirmando ser bom tal fator mais que voce vai analisando ver que so passamos a condiçao de NUNCA SE APOSENTAR POR TEMPO DE SERVIÇO. Depois dos 35 anos o cara ja nao encontra trabalho com facilidade, quer dizer:o trabalhador brasileiro é como jogador de futebol, tem tempo para ser aproveitado. ou seja dos 20 aos 32 anos depois ele cai na informalidade, ou espera que a idade complete o tempo de serviços para ele ser aposentar e com salario minimo.ESSA FORMULA ENCONTRADA É BOM PARA FUNCIONARIOS PUBLICOS QUE nunca sao mandados embora mais para os empregados privados é um atentado.

Postar um comentário

Comente e compartilhe. Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger