sexta-feira, 26 de outubro de 2018

Política: Bolsonaro usa informações falsas ao acusar o PT de espalhar fake news

O candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL), publicou nesta sexta-feira um vídeo afirmando que Fernando Haddad (PT) "espalha agora os mais variados fake news" sobre ele. No entanto, o candidato cita várias informações falsas sobre seu adversário, ou que já foram desmentidas e negadas pelo petista. Bolsonaro começa o vídeo dizendo que "Haddad, após receber de presente uma bíblia, simplesmente a jogou no lixo, zombando da nossa fé".
Em um comício realizado no sábado (20), em Fortaleza, Haddad recebeu uma bíblia de presente e, no dia seguinte, o deputado estadual eleito André Fernandes (PSL-CE), fez um vídeo afirmando que a bíblia foi encontrada no chão. Haddad negou ter jogado fora o livro, e assim como a bíblia também um celular de um de seus assessores foram furtados durante o comício. "Estranhamente, essa Bíblia foi furtada de uma sacola que estava no palco e apareceu num vídeo de um deputado do PSL, que me acusou de ter jogado fora", afirmou.

O capitão reformado fala também, que Haddad irá conceder indulto ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que está preso na Polícia Federal em Curitiba, ou irá colocá-lo em liberdade. "Nós sabemos que, uma vez eleito, Haddad concederá indulto para Lula ou o colocará em liberdade, bem como os demias condenados nesta Operação Lava Jato", disse Bolsonaro. Apesar de o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), ter dito que o candidato do PT daria indulto a Lula, se eleito, Haddad, quando perguntado sobre o assunto em entrevista à rádio CBN, afirmou: "Não, não ao indulto", respondeu.

Continuando a fala do vídeo, Bolsonaro afirma: "Ele acabará com a Operação Lava Jato . Será a volta da corrupção no Brasil". Haddad nunca disse isso. Em uma entrevista a Rádio Jornal Caruaru, em Pernambuco, no início do mês o candidato do PT afirmou que vai "dar todo apoio à PF, MP e Judiciário e isso, obviamente, inclui a Lava Jato". Aliás, recentemente, Haddad chegou a elogiar o trabalho do juiz Sérgio Moro, porém disse que erro no caso de Lula. 

Bolsonaro também mentiu no vídeo sobre o "Kit gay", que na verdade nunca existiu de fato. O TSE, inclusive, determinou a remoção de seis postagens no Facebook e no YouTube em que o candidato do PSL faz críticas ao livro "Aparelho Sexual e Cia." e afirma que a obra faria parte do material distribuído nas escolas públicas na época em que Fernando Haddad era ministro da Educação. Ele "queira lá em 2010 implementar o Kit gay nas escolas. Para que o filho do pobre tivesse aula de sexo aos seis anos de idade", disse Bolsonaro. 

No vídeo gravado nesta sexta-feira (26), Bolsonaro diz que "Haddad e seus colegas de partido quiseram, agora na reta final da eleições, tirar o Whatsapp do ar". O que está em jogo é o futuro do Brasil. É a minha liberdade, é a sua liberdade", afirmou. 

Após a denúncia da Folha de São Paulo que os empresários teriam feito propaganda contra o PT no aplicativo de mensagens, o PT entrou com ação no TSE contra o deputado candidato e pediu que o Whatsapp apresentasse um plano para evitar o disparo em massa de mensagens ofensivas a Haddad. Também o PSOL entrou com uma ação no Tribunal Superior eleitoral (TSE) pedindo restrição do compartilhamento, bem como a redução do tamanho dos grupos na rede social. O Partido falou também em suspensão da ferramenta, mas depois retirou o pedido. 

[Bolsonaro também usou informação falsa ao criticar o plano de governo do PT, partido do seu concorrente à Presidência da República, Fernando Haddad, conforme apurou a agência de jornalismo investigativo apublic.org. A Agência também fez uma checagem sobre os processos contra o ex-prefeito de São Paulo e concluiu que o número de ações em andamento contra o petista é bem menor do citado por Bolsonaro. Haddad afirmou recentemente em sabatina à Globo News, que "o Ministério Público nunca ganhou, nem nunca vai ganhar, um ação contra ele"].

Fonte: Uol 
Imagem: reprodução

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e compartilhe. Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger