terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Há uma Batalha Cibernética em curso na Grande Rede

Em Outubro de 2011, o Departamento Federal de Investigação dos Estados Unidos (FBI), iniciou uma operação que apreendeu milhões de itens pirateados relativos ao Super Bowl, a final do campeonato de futebol americano, que aconteceu neste Domingo (05). Suspendeu mais de 300 domínios suspeitos de violar direitos autorais, e comercializar produtos piratas através da Web. Dezesseis páginas eram suspeitas de oferecer a transmissão ao vivo de forma ilegal.
Seguindo seu plano de ações contra a pirataria  online, o FBI fechou no mês Janeiro passado, o Megaupload, um dos mais importantes sites de compartilhamento de arquivos e downloads da Internet. Colocou atrás das grades seu fundador, Kim Schmitz, também conhecido como Kim Dotcom, além de outros funcionários. O Site é acusado de violação de diretos autorais e lavagem de dinheiro. O Megaupload, teria faturado mais de 175 milhões de dólares, desde 2005 quando foi criado. 


A imagem abaixo aparece no site do Megaupload quando acessado. Semelhante a que se vê nos mais de 300 já suspensos pelo FBI antes do evento do Super Bowl.



O caso do Megaupload vem sendo considerado o mais importante ocorrido na Internet nos últimos dias, devido a ação do FBI, e a grande repercussão que causou. Vários mandados de busca para sites semelhantes foram executados em muitos países. O Megaupload, mesmo contando com o apoio de muitos navegantes, e de alguns artistas (ver vídeo), está fora do ar por tempo indeterminado.


Para aumentar a turbulência no mundo virtual neste ano de 2012, a Lei, justa ou não, chega implacável a outro site de compartilhamento de arquivos, muitíssimo conhecido e utilizado no mundo todo por uma infinidade de usuários, o Pirate Bay. O site enfrentava deste 2009 um processo judicial no Supremo Tribunal da Suécia, que em última instância condenou seus três responsáveis. Peter Sunde, Fredrik Neij e Carl Lundeströn ficarão oito, dez e quatro meses atrás das grades, respectivamente. E terão que pagar uma multa de 6,8 milhões de dólares em danos aos direitos autorais. Entretanto, o Pirate Bay procurando luz no obscurantismo de toda a guerra, mudou seu domínio para .SE, para evitar o fechamento. Com todos os seus 5,5 milhões de usuários, quatro vezes maior que o Megaupload, deve perder boa parte de seu tráfego. Contudo, procura absorver o grande golpe sofrido readaptando-se. Tanto que se prepara para oferecer um novo e revolucionário tipo de arquivo chamado "physibles" para download de objetos através de uma impressora em 3D. Veja aqui, um artigo bem completo com vários vídeos de como funciona a impressão. Interessante notar que este site, também conta com apoio dos internautas, sites e autores. Um exemplo é o escritor místico, musico, cineasta, Paulo Coelho, que demonstrou ser favorável à prática de downloads pelo método de compartilhamento. Ganhou homenagem do Pirate Bay.    


Paralelamente a todos esses acontecimentos, chegou ao Congresso dos Estados Unidos o Projeto de Lei chamado SOPA (Stop Online Piracy Act, ou Lei para Parar a Pirataria Online), na Câmara dos Representantes; e outro no Senado, o PIPA (Protect Intellectual Property Act, ou Lei para Proteger a Propriedade Intelectual). Além do ato Internacional chamado ACTA. Milhões de internautas, grupos sociais, e mais de 10 mil sites sites se reuniram em protesto contra os dois projetos. Dentre eles, gigantes da Internet, como o Google, Facebook, Twitter, Yahoo, eBay, Redit, Wikipédia. Todos eles viram nos textos do projetos, mal apresentados, um misto de censura e atentado contra a liberdade de expressão e pensamento.


Estrategicamente, pelos flancos, o famoso grupo de hackers denominado Anonymous, que apareceu pela primeira vez em apoio ao polêmico site Wikileaks comandado por Julian Assange, entra nesta batalha cibernética, que pelo visto não tem data para acabar. 
Como amplamente divulgado, Assange passou a ser caçado pela justiça dos EUA por ter divulgado segredos da diplomacia americana
Decretado o fechamento do Megaupload, o Anonymous, tido como o principal grupo de hackers a inaugurar uma nova forma de ativismo online, iniciou um protesto sem precedentes. O grupo, é autor e precursor de uma série de ataques aos sites de grandes corporações. 



Em ação audaciosa, o Anonymous tomou uma atitude drástica: fechou 14 websites. Dentre ele, o da Universal Music, da Casa Branca, do Departamento de Justiça dos EUA. Em seguida invadiu sites de vários Bancos no Brasil, incluindo o Banco Central. Todos ficaram à deriva, causando sérios transtornos aos clientes. A ação culminou com a interceptação de uma conferência entre americanos e a Scotland Yard, na qual discutiam ações contra hackers. O Anonymous divulgou a gravação na grande rede. A Notícia foi vinculada aqui pela BBC Brasil.  

O FBI está na cola do grupo de hackers. O Anonymous, sempre divulga de forma acintosa, o sucesso de suas ações via Twitter. E já anunciou a deflagração da chamada "Operação Março Negro", tendo como alvo a indústria de entretenimento. O grupo deixa claro que seu objetivo não é deixar o internauta com medo. Escolheu como vítimas principais, as grandes corporações e os governos. Que de acordo com o ponto de vista do grupo, são os que tiram a liberdade de quem navega na Web.

Nesse contexto de protestos, cerceamento de liberdades, pirataria na Rede, aplicação de Leis, censura, hackers, fóruns e redes sociais, se deslumbra uma grande batalha cibernética que pode ser o começo do fim das práticas ilícitas do mundo virtual. Ou, uma nova era do progresso tecnológico. Porém, como toda a guerra envolve princípios, direitos e deveres, tal qual no mundo real, fica difícil determinar quem é o "mocinho" e quem é o vilão da história. Sabe-se, no entanto que muitas serão as vítimas inocentes de muitos erros, ou ações equivocadas. Sejam eles cometidos de qualquer lado. 
Não bastassem todas as previsões sombrias para este ano, "2012 é o ano da tempestade". Prevê a equipe do Pirate Bay em seu Blog oficial. Quem sobreviver, verá.    




Fonte: Tecmundo
Informações e imagens: Superdownloads

         

               
RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger