Mostrando postagens com marcador internet. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador internet. Mostrar todas as postagens

sábado, 20 de março de 2021

Pandemia: Bolsonaro recorre ao STF para barrar decretos de governadores e veta proposta de internet grátis a estudantes e professores do ensino básico

www.seuguara.com.br/Bolsonaro/governadores/STF/pandemia/
O presidente Jair Bolsonaro entrou com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) no Supremo Tribunal Federal (STF) com o objetivo de derrubar os decretos impostos pelos govenadores do Distrito Federal, da Bahia e do Rio Grande do Sul. Devido ao aumento expressivo de casos e mortes pela Covid-19, os decretos determinam novas regras sobre circulação de pessoas, como toque de recolher e o fechamento de atividades e serviços que não forem considerados essenciais.
Leia Mais ►

sexta-feira, 12 de março de 2021

Supremo cria comitê para se adequar à Lei Geral de Proteção de Dados

www.seuguara.com.br/Luiz Fux/presidente do Supremo Tribunal Federal/
ConJur - O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Fux, criou um grupo de trabalho como parte do processo de adequação da Corte aos requisitos da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). O Comitê Executivo de Proteção de Dados (CEPD) foi instituído pela Resolução nº 724, de 2/3/2021 e tem o objetivo de identificar e de implementar medidas para ajuste de procedimentos da Corte à Lei 13.709/2018, que regula o tratamento de dados pessoais, inclusive nos meios digitais, visando proteger direitos fundamentais da população, como liberdade, privacidade e livre desenvolvimento da personalidade.
Leia Mais ►

terça-feira, 2 de fevereiro de 2021

Vazamento de dados é grave e seu impacto será sentido por anos, dizem especialistas

www.seuguara.com.br/vazamewnto de dados/hackers/Brasil/

Por Rafa Santos, no Conjur - O vazamento dos dados de mais de 200 milhões de brasileiros terá impacto por muitos anos. A falha descoberta pela empresa especializada em segurança digital da Startup Psafe, com listagem de 223 milhões de CPFs, além de dados cadastrais e informações econômicas, ficais, previdenciárias, perfis em redes sociais, escore de crédito e fotografia pessoal.
Leia Mais ►

segunda-feira, 14 de dezembro de 2020

Sleeping Giants Brasil foi fundado por casal de 22 anos de Ponta Grossa, interior do Paraná

www.seuguara.com.br/Sleeping Giants Brasil/casal/Ponta Grossa-PR/

Do Poder360 - O perfil Sleeping Giants Brasil ganhou rosto neste domingo (13/12). Em entrevista à Folha de S.Paulo, Leonardo de Carvalho e Mayara Stelle, de 22 anos, saíram do anonimato e assumiram autoria da página que tem derrubado a monetização de sites que propagam fake news e discursos de ódio pela internet.
Leia Mais ►

quarta-feira, 8 de abril de 2020

WhatsApp facilita fazer chamadas de vídeo em grupo

Por Rafael Rigues, no Olhar digital: O WhatsApp facilitou fazer chamadas em grupo. Se o grupo tiver quatro pessoas ou menos, basta tocar no ícone de chamada ou videochamada no topo da conversa para iniciar uma chamada com todos os participantes de uma vez só.

Leia Mais ►

Auxílio emergencial: 'link falso para cadastro é enviado para 6,7 milhões'

Bruna Arimathea - Estadão conteúdo: Links falsos estão circulando na internet para cadastrar pessoas que desejam receber o auxílio emergencial de R$ 600 do governo federal. Em vez de receber o auxílio, porém, quem usar esses links pode ter seus dados roubados. O golpe já tem 6,7 milhões de compartilhamentos e acessos em todo o País e exige atenção de quem navega pela rede.
Leia Mais ►

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

Como o discurso de ódio na internet está matando as democracias

Um dos temas mais comentados do carnaval no Brasil, foi a agressão de Danilo Gentili à atriz Bruna Marquezine. Um exemplo de como a propagação do ódio na internet é uma atitude ilegítima, que atenta contra as democracias. Diante disso, vale a pena ver a palestra do jornalista Andrew Marantz, realizada para o TED.
Leia Mais ►

sexta-feira, 20 de dezembro de 2019

TSE aprova punição a fake news e disparo em massa na campanha eleitoral

Por Marina Barbosa, no Congresso em Foco - O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu punir aos candidatos que divulgarem notícias falsas ou fizerem disparo de conteúdo em massa na internet durante a campanha eleitoral do próximo ano. A punição está prevista na resolução que fixa regras da propaganda eleitoral de 2020 e foi aprovada na noite dessa quarta-feira (18) com novidades como uma específica sobre a propaganda eleitoral na internet.
Leia Mais ►

quarta-feira, 21 de agosto de 2019

Política: 'A radicalização invisível da direita brasileira no WhatsApp'. Por David Nemer

Por David Nemer* - Nas semanas finais da eleição presidencial, no ano passado, um boato perverso sobre Fernando Haddad se espalhou pelas redes sociais. O ex-prefeito de São Paulo e último adversário do direitista autoritário Jair Bolsonaro defendia a pedofilia gay. Era uma informação tão obviamente falsa, mas tão disseminada, que veículos de imprensa legítimos e até mesmo a campanha de Haddad forma obrigados a negá-la vigorosamente.
Leia Mais ►

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Como sátiras e paródias confundem o debate político na internet

"Perfis falsos poluem ambiente informativo e minam credibilidade da imprensa e dos jornalistas, enquanto conquistam simpatia do presidente da República". Leia a importante reportagem de João Paulo Charleaux para o Nexo Jornal - "A proliferação de perfis falsos e satíricos no Twitter tem aumentado a confusão sobre o que é verdade e o que é desinformação deliberada no jornalismo e na politica.
Leia Mais ►

quarta-feira, 28 de novembro de 2018

Política: 'Notas finais sobre o esquema WhatsApp (segundo clichê)'

Matéria de autoria de Dodó Macedo, publicada em seu blog, em 27/11/2018 - "NOTA INTRODUTÓRIA NÚMERO 1 - PUBLICADA EM 15 DE NOVEMBRO - AQUI: "O jornal Folha de São Paulo ousou publicar, em 18 de outubro, reportagem de autoria da jornalista Patrícia Campos Mello denunciando que "Empresários bancam campanha contra o PT pelo WhatApp" - aqui -, e desde então o mundo virou de ponta cabeça. (...). (AQUI). "...
Leia Mais ►

quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Inventor da Internet faz proposta para salvá-la antes que seja tarde demais

Timothy John Berners-Lee, inventor da WEB (Word Wide Web), em uma palestra realizada nesta segunda-feira (05), na conferência Web Summit, em Lisboa, propôs um plano para salvar a Internet. A iniciativa do pai da WEB, prevê a elaboração de um novo projeto global, a ser construído de forma colaborativa, que defenda uma Internet livre para todos. E deixe de ser uma ferramenta de manipulação política e Fake News, propagação de ódio e centralização de poder de grandes empresas de tecnologia.
Leia Mais ►

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Privacidade na internet: Temer sanciona lei de proteção de dados e veta agência reguladora [vídeo]

A reportagem é de Ana Pompeu, no ConJur -  O presidente Michel Temer (MDB) sancionou, nesta terça-feira (14/9), com vetos, a lei de proteção de dados pessoais. A assinatura aconteceu em cerimônia no Palácio do Planalto. A lei entra em vigor em 18 meses. Dentre os trechos que Temer vetou, o mais expressivo foi a exclusão da criação da Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), autarquia que seria vinculada ao Ministério da Justiça.
Leia Mais ►

sexta-feira, 13 de julho de 2018

Do CPF na farmácia às redes: como nova lei protegerá seus dados pessoais

Rodolfo Borges, no El País/Brasil - Lei de proteção de dados pessoais, aprovada pelo Senado nesta semana, determina que os brasileiros terão de ser consultados e esclarecidos sobre a utilização de suas informações - O desconto que você ganha na farmácia ou no supermercado apenas ao inscrever o CPF no sistema tem um preço: a sua privacidade.
Leia Mais ►

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

O desafio das "fake news" nas eleições de 2018

DW/Brasil - Enxurrada de notícias falsas nas redes levam autoridades brasileiras a discutir leis para combater o problema. Especialistas, no entanto, alertam para os riscos à liberdade de expressão. - O filho do ex-presidente Lula é dono do frigorífico JBS. A ex-presidente Dilma Rousseff tentou o suicídio ao se ver encurralada pelo impeachment. O delator Alberto Yousseff foi encontrado morto na véspera das eleições de 2014.
Leia Mais ►

quinta-feira, 2 de março de 2017

Atletiba - 1º clássico do futebol brasileiro transmitido pela internet é visto por milhões de torcedores


O confronto entre Atlético e Coritiba válido pelo 5ª rodada do campeonato paranaense 2017, realizado nesta quarta-feira(01), na Arena da Baixada, representou um marco na história do futebol brasileiro. Foi o primeiro clássico do futebol brasileiro com transmissão exclusiva pela internet. Unidos, as dois clubes não concordarem com a proposta "absurda" da Rede Globo, que ofereceu um contrato de transmissão do jogos do Paranaense com um valor muito inferior ao firmado com outros grandes clubes.
Leia Mais ►

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Será que você ajudou a disseminar notícias falsas? Vejas os sites e notícias mais compartilhados


Carta Campinas - Aquela notícia espetacular, que chama a tua atenção, pode ser bem uma notícia falsa que você ajudou a disseminar nas redes sociais. Dois levantamentos mostram os sites de notícias falsas mais divulgados no Brasil.

Um estudo do Monitor do Debate Político no Meio Digital, da USP, mostra sites mais compartilhados que publicaram notícias falsas em 2016. Normalmente são sites  que não têm autoria, são anônimos e estão bombando nas redes sociais. Eles disseminam boatos, calúnias e difamações.
http://portal.comunique-se.com.br/on-the-media-lanca-manual-em-portugues-para-identificar-noticias-falsas-na-internet/
Clique  aqui para conferir 11 dicas simples que ajudam a identificar notícias falsas na internet
(http://portal.comunique-se.com.br/)
Veja lista, segundo o estudo da USP divulgado pela DCM (veja texto) e pela Issoénoticia:

* Ceticismo Político: http://www.ceticismopolitico.com/
* Correio do Poder: http://www.correiodopoder.com/
* Crítica Política: http://www.criticapolitica.org/
* Diário do Brasil: http://www.diariodobrasil.org/
* Folha do Povo: http://www.folhadopovo.com/
* Folha Política: http://www.folhapolitica.org/ — que faz um trocadilho com o nome do caderno Folha Poder do jornal Folha de S.Paulo
* Gazeta Social: http://www.gazetasocial.com/
* Implicante: http://www.implicante.org/
* JornaLivre: https://jornalivre.com/
* Pensa Brasil: https://pensabrasil.com/

Outra reportagem, sobre o tema, publicada pela Fundação Perseu Abramo (veja texto), mostra que mais de um milhão de usuários compartilharam notícias falsas em 2016. O texto é de Pedro Camarão e utilizou a ferramenta chamada BuzzSumo para verificar a origem das notícias e se elas são verdadeiras ou falsas.

A ferramenta tem imprecisões, mas segue alguns sites com as notícias falsas detectadas pela ferramenta.

– “Prêmio Nobel de literatura, fala ao mundo: Lula é a fonte de toda a corrupção no Brasil” publicada em folhacentrosul.com.br

– “Lei de incentivo à corrupção” publicada em republicadecuritibaonline.com

– “Executivo morto em acidente de avião denunciou corrupção e foi demitido da Vale por Dilma” do site ilisp.org

– “Pressionada por 21 países Corte de Haia quer novas eleições no Brasil, prisão de Lula e fim da corrupção” do site verdademundial.com.br

– “Moro destrói defesa de Gleisi: Está comprovado que corrupção da Petrobras abasteceu campanhas” do site ucho.info

– “Alguns dos crimes de Mario Soares: traição, instigação ao genocídio, corrupção, roubo, tráfico, enriquecimento ilícito” do site direitapolitica.com

– “Arrogante, Gleisi diz estar ‘acima da PF’ para contestar indiciamento por corrupção passiva” do site cersarweis.com

– “Dirceu implora por liberdade, mas Moro lembra que corrupção mata milhões” do site papotv.com.br

– “Rede Globo será investigada pelo FBI em esquema de corrupção bilionário” do site plantaobrasil.net

– Lava Jato causou prejuízo de 140 bilhões ao Brasil e recuperou apenas dois bilhões da corrupção” do site falandoverdades.com.br

– “PT apodrece na corrupção e é varrido do mapa político” do site istoe.com.br

-“Professor petista preso em esquema de corrupção é criticado pela própria filha” do site jornalivre.com

– “Urgente: Odebrecht põe Dallagnol no ‘chão’ e afirma que o comandante geral da corrupção seria Michel Temer” do site clickpolitica.com.br

– “Bolsonaro é o único candidato a presidente que não foi citado em esquemas de corrupção” do site br.blastingnews.com

– “Acusada mais uma vez de corrupção, senadora Gleisi, vai perder o mandato e ir presa” do site jornaldopais.com.br

– “Jornal dos EUA afirma: ‘Brasil caiu em teia de corrupção durante os governo Lula e Dilma’” do site br.blastingnews.com

– “Trump abrirá guerra contra a corrupção e cita a Lava Jato como exemplo” do site brasilverdeeamarelo.org

– “Mujica é atingido por escândalos de corrupção. Por que não estou preso?” do site lucianoayan.com

***
Leia Mais ►

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Redes sociais: eu sei quem você é, eu vi o que você fez!


Artigo de Adriane Werner (*), no Bem Paraná, chama a atenção para o cuidado que se deve ter nas redes sociais. Tudo o que você posta, comenta ou compartilha pode comprometer o seu perfil como profissional e ser preterido como candidato a um novo emprego. É cada vez mais comum profissionais de Recursos Humanos, recrutamento ou head hunters darem uma checada no perfil dos candidatos, antes de contratá-los para vagas de empregos.

"As redes sociais já fazem parte da vida dos brasileiros e devem ter cada vez mais espaço em nosso dia-a-dia. Especialistas na área afirmam até mesmo que os e-mails já estão perdendo espaço para a troca de informações e mensagens por meio das redes.


O uso de redes sociais deve ser feito com muita parcimônia por pessoas que precisam cuidar de seu perfil profissional. Mesmo que usem as redes apenas para contatos pessoais e para diversão, é importante não manchar a imagem profissional.

Elas são tão envolventes que, sem perceber, muitas pessoas chegam a perder produtividade no trabalho porque passam horas postando fotos, brincadeiras, jogos, participando de bate-papos, esquecendo-se das prioridades do trabalho. É por isso que muitas empresas restringem o acesso a várias redes. Como diz o ditado, “paga o justo pelo pecador”, e pessoas que utilizam as redes de forma racional e profissional acabam sendo prejudicadas com as restrições, e até mesmo empresas que poderiam ser beneficiadas com uma participação ativa nas redes perdem visibilidade porque se obrigam a adotar restrições.

Uso pessoal não pode ferir o perfil profissional
 
Mesmo que sua participação nas redes sociais seja unicamente com objetivos de alimentar relações pessoais e se divertir, há que se ter cuidado para não ferir sua imagem profissional.

As redes são ótimas para alimentar contatos sociais, marcar e comentar festas, postar fotos, divertir-se com tiradas bem humoradas, mensagens de reflexão, etc. Mas tudo isso deve ser postado e comentado com os devidos cuidados para que a credibilidade de sua pessoa não fique abalada.

É sabido que profissionais de Recursos Humanos, recrutamento ou head hunters analisam os perfis de candidatos antes de contratá-los para vagas de empregos. Portanto, mesmo que seus objetivos sejam apenas pessoais, zele por sua imagem na rede. É importante mostrar quem você é de fato,
verdadeiramente, mas pequenos deslizes em comentários ou postagens podem prejudicá-lo."

(*) Adriane Werner. Jornalista, especialista em Planejamento e Qualidade em Comunicação e Mestre em Administração. Ministra treinamentos em comunicação com temas ligados a Oratória, Media Training (Relacionamento com a Imprensa) e Etiqueta Corporativa.

Leia Mais ►

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Anatel diz que ministro cometeu equívoco e que banda larga não será limitada

A respeito da notícia que replicamos anteriormente. O presidente da Anatel Juarez Quadros, disse que o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, Gilberto Kassab estava enganado e que não vai haver limites para a banda larga fixa. Uma medida cautelar da Anatel de nove meses atrás, proibiu as operadores de bloquear a internet de seus clientes após a franquia.
Leia Mais ►

Governo vai permitir que empresas limitem consumo de banda larga fixa em 2017


Leonardo Pereira, no Olhar Digital - "Na última quinta-feira, 12, o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, afirmou que, até o fim de 2017, o governo terá acabado com a noção de que planos de banda larga fixa são obrigados a oferecer internet ilimitada.


Em entrevista concedida ao Poder 360, Kassab defendeu que o mercado atue de maneira "elástica" para que seja possível atender diferentes tipos de consumidor. De acordo com ele, haverá algum "ponto de equilíbrio" entre as demandas dos contratantes e das fornecedoras.

A ideia é que as empresas possam contar com várias opções de pacote, inclusive um que ofereça uso ilimitado da rede. Nos demais, entretanto, os consumidores terão alguma franquia, correndo o risco de ter o acesso interrompido (ou prejudicado por reduções de velocidade) caso não respeitem o limite contratado.

"Nós não vamos cometer nenhuma violência com as empresas nem com o consumidor. É por isso que é algo que está sendo estudado com muito cuidado", afirmou o ministro. "Chegará o momento em que [a banda larga fixa] será ilimitada e com o custo adicional irrisório. Tenho certeza."

Kassab garantiu que "o governo vai estar sempre ao lado do usuário". O jornalista Fernando Rodrigues, então, fez a observação: "Mas haverá uma redução", ao que Kassab respondeu: "Sim, mas vai estar sempre ao lado do usuário".

Kassab disse ainda que quem definirá como será implementada a mudança será a Agência Nacional de Telecomunicações, a mesma que no ano passado baixou uma medida proibindo a imposição dos limites. No final de 2016, o presidente do órgão, Juarez Quadros, comentou que a Anatel não tinha prazo para voltar ao assunto. Parece que o governo acaba de arrumar um."

***
Leia Mais ►

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger