sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Anatel diz que ministro cometeu equívoco e que banda larga não será limitada

A respeito da notícia que replicamos anteriormente. O presidente da Anatel Juarez Quadros, disse que o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, Gilberto Kassab estava enganado e que não vai haver limites para a banda larga fixa. Uma medida cautelar da Anatel de nove meses atrás, proibiu as operadores de bloquear a internet de seus clientes após a franquia.


"Repito o que já disse em audiência no Senado Federal: A Anatel não pretende modificar essa cautelar tão cedo", afirmou Juarez Quadros, prestando esclarecimentos sobre o assunto a vários sites de  notícias. 

A polêmica surgir quando o ministro Kassab disse em entrevista ao portal Poder 360, que o fim dos planos automáticos de acesso à internet com franquia ilimitada, estava previsto para o 2º semestre de 2107. 

De acordo com o G1, "atualmente, esse serviço é cobrado de acordo com a velocidade de navegação contratada, sem teto de uso da internet. O sistema que limita a quantidade de dados baixados, ou seja, que fixa uma franquia, já funciona na internet móvel, dos celulares". 

Presidente da Anatel confirma: cautelar que garante internet ilimitada não será modificada

Por Miriam Aquino, no telesintese

O presidente da Anatel, Juarez Quadros, afirmou agora ao portal Tele.Síntese que o ministro Gilberto Kassab reconheceu que interpretou equivocadamente os dados da consulta que foi lançada pela agência sobre a internet fixa, em entrevista ao portal Poder 360 de ontem, quando afirmou que a internet ilimitada iria acabar no segundo semestre. Quadros assegura que a cautelar da Anatel, proibindo que as empresas façam qualquer corte na internet após a franquia, continua valendo, e que a agência não pretende mudar isso tão cedo.

“Repito o que já disse em audiência no Senado Federal: A Anatel não pretende modificar essa cautelar tão cedo”, afirmou Quadros.

Conforme o presidente da Anatel, o questionário formulado sobre a questão e cuja consulta pública foi prorrogada até abril, devido ao grande interesse da sociedade, pretende levantar as principais hipóteses sobre o tema. Depois da consulta, a agência pretende ainda realizar um seminário com a participação das diferentes correntes de opinião e pensamento  do país.

Conforme o levantamento da Anatel, a consulta já recebeu mais de 13 mil contribuições e a maioria delas trata justamente sobre a questão da franquia de dados na internet fixa, e por isso, a agência decidiu prorrogar para até o dia 30 de abril o prazo para o recebimento das sugestões da sociedade.

***

VIA
Imagem: reprodução/Telesíntese
RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e compartilhe. Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger