segunda-feira, 1 de junho de 2020

Forças Armadas começam a temer desgaste de imagem

Jornal GGN - As Forças Armadas começam a se preocupar com o desgaste de imagem depois do embarque no governo Jair Bolsonaro, onde passaram a ocupar cargos tanto na cúpula como na base. Segundo o jornal O Estado de São Paulo, oficiais comentam nos bastidores que a nova incursão política vai desgastar a imagem da instituição, e existe o temor de perda de credibilidade por conta do envolvimento com o governo atual e a perspectiva de seu naufrágio.

Embora o desgaste de imagem seja recorrente para quem participar de um governo, existe um adicional na gestão Bolsonaro: a sua constante situação de crise e as cobranças para que os oficiais se manifestem a respeito das atitudes de Bolsonaro, como a participação do presidente em eventos antidemocráticos.

O maior ônus deve ficar nas mãos do Exército: levantamento elaborado pelo Ministério da Defesa mostra que os militares da ativa ocupam quase 2,9 mil cargos no Executivo. São 1.595 integrantes do Exército, 680 da Marinha e 622 da Força Aérea Brasileira (FAB). Destes, 42% estão empregados na estrutura da Presidência, principalmente no Gabinete de Segurança Militar. 

Imagem: reprodução

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger