quinta-feira, 11 de julho de 2019

Política: Governo afaga centrão com milhões em emendas parlamentares para concluir reforma da Previdência

O chamado Centrão, formado pelos partidos do DEM, PP, PSD, PL, PTB, PRB, Pros, Podemos e Solidariedade, deram um recado ao governo após a aprovação, em primeiro turno, do texto principal da reforma da Previdência. O resultado com folga, 379 votos contra 131, indica que há disposição para concluir a reforma, mas os parlamentares aliados cobram uma lista de exigências.
Parte do pedido dos deputados o governo já cumpriu, liberando nesta quarta-feira (10), mais de R$ 439,6 milhões em emendas parlamentares destinadas ao sistema de saúde dos municípios, além de R$ 1,135 bilhão extra liberado na noite de terça-feira (09).

Contudo, o Centrão está na expectativa de que o governo Bolsonaro irá de fato cumprir tudo o que foi prometido em emendas, antes do fim do ano, porque muitos dos parlamentares do grupo devem concorrer a cargos de prefeitos e vereadores nas eleições de 2020. Além disso, eles pedem que  integrantes do governo parem com os ataques e críticas aos integrantes do grupo.

Nesta quinta-feira (11), a Câmara dos deputados retoma a votação dos chamados "destaques", que são as propostas de alterações de pontos específicos da proposta de reforma da Previdência. Há uma pressão forte para que sejam mudadas as regras em relação às pensões, aposentadoria das mulheres, professores e policiais.

Pela manhã, o governo realizou uma reunião com a finalidades de "aparar arestas", possivelmente  em torno das divergências a serem apresentadas nos próximos debates. Participaram da reunião, o ministro da economia, Paulo Guedes, o secretário-nacional  da Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, a líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), deputados do Centrão, além do presidente da Câmara dos deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Segundo Maia, a reunião "com alguns líderes", foi "para conhecer melhor o mérito de cada destaque", cuja "compreensão estava um pouco confusa", disse. 

Fonte: Congresso em Foco
Imagem: reprodução/Foto: Luis Macedo;Câmara dos deputados

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e compartilhe. Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger