sexta-feira, 9 de abril de 2021

Política: CPI da Covid começa na próxima semana, diz presidente do Senado

www.seuguara.com.br/Rodrigo Pacheco/presidente do Senado/
O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, vai cumprir a decisão judicial do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso que determina a instalação de uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) para investigar ações do governo no combate à pandemia de covid-19.
www.seuguara.com.br/Rodrigo Pacheco/presidente do Senado/

Pacheco afirmou que a CPI pode ser o "coroamento do insucesso nacional" no enfrentamento à pandemia e criticou a polarização da política. O assunto repercutiu entre os senadores.


Fonte: Agência Senado

Imagem: reprodução/Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil


[Governo contra-ataca e articula pedido de impeachment de Barroso: "O senador Carlos Viana (PSD/MG) já começou a recolher assinaturas de seus colegas para protocolar um pedido de impeachment do ministro Luís Roberto Barroso. (...) Ontem, Barroso determinou que o Senado instale a CPI da Pandemia, que vinha sendo travada por Rodrigo Pacheco. A justificativa que será usada por Viana é que Barroso, ministro do STF, interferiu indevidamente nas atribuições de outro Poder."]


[Bolsonaro ataca Barroso por CPI da pandemia: "Falta-lhe coragem moral" - "(...) Fazendo um paralelo entre a postura do Supremo em relação a uma campanha, feita em grande parte por apoiadores bolsonaristas, pelo impeachment do ministro Alexandre de Moraes, Bolsonaro disse que "falta coragem moral" e "sobra imprópria militância política" a Barroso. Ele ainda reclamou que a decisão não engloba investigação sobre governadores.

A decisão de Barroso gerou forte reação de apoiadores de Bolsonaro e membros do governo. O ministro das Comunicações, Fabio Faria, falou em "politização e caos. (...) Não é a primeira vez que Bolsonaro direciona ataques a ministros do STF. No ano passado, o presidente da República fez críticas veementes a Alexandre de Moraes e Celso de Mello.

(...)

Aquele período correspondeu ao momento de maior tensão entre Bolsonaro e o STF, inclusive com a participação do presidente em manifestações antidemocráticas que pediam, entre outras coisas, o fechamento do Supremo."]

***


RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger