sábado, 20 de novembro de 2021

Política: Planalto orientava '300 do Brasil' a atacar STF

Por Lucas Neiva, no Congresso em Foco: De acordo com a ativista de extrema direita Sara 'Winter' Giromini, as agressões do extinto grupo de militância bolsonarista '300 do Brasil' contra o Supremo Tribunal Federal (STF) partiram de orientações do general Augusto Heleno, chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República. A informação foi publicada em reportagem da revista Istoé.
www.seuguara.com.br/general Augusto Heleno/Chefe de Gabinete/STF/ataques/

Heleno não era a única figura ligada ao governo que participou da atuação do grupo. Os ativistas receberam suporte também de parlamentares bolsonaristas, entre eles a deputada Carla Zambelli (PSL-SP), que fornecia informações ao grupo; e a deputada Bia Kicis (PSL-SP), que chegou a oferecer apoio de membros de seu próprio gabinete para prestar apoio jurídico e comunicacional.


Damares Alves, ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, também manteve contato com o grupo. A chefe da pasta foi quem orientou que abandonassem o acampamento montado na Esplanada do Ministérios em maio de 2020, alertando que Sara Winter e demais dirigentes seriam presos em breve. O alerta se concretizou. Winter hoje está solta, mas sob a condição de utilizar tornozeleira eletrônica e não manter mais contato com líderes bolsonaristas. Ela rompeu com o presidente Jair Bolsonaro e não mais defende seu governo. 


Imagem: reprodução/Foto: Antonio Cruz/ABr


RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger