terça-feira, 24 de setembro de 2013

Mensalão - O outro lado do julgamento [vídeo]

Alguns são de opinião de que o julgamento da AP 470, originária do chamado escândalo do mensalão, esteja sendo conduzido pelos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) de uma forma absolutamente técnica. Outros, afirmam que não. Acham que o julgamento do século, é mais político do que técnico. 
O vídeo abaixo mostra o outro lado do julgamento do mensalão. Resultado de um trabalho investigativo dos repórteres Raimundo Rodrigues Pereira e Lia Imanishi, da Revista Retrato do Brasil, que foi iniciado desde que o processo chegou à Suprema Corte de justiça (STF).

A partir da aprovação dos embargos infringentes, pela maioria dos ministros do STF o julgamento do mensalão ganhou novos contornos na mídia. Virou uma grande miscelânea de opiniões na imprensa.  Divide juristas, políticos e jornalistas especializados. Nas redes sociais, surgiram protestos grotescos contra a aprovação dos recursos.

Do nada, o nobre jurista conservador, Ives Gandra Martins (imagem), concede entrevista à colunista da Folha, Mônica Bergamo. Declaradamente contrário aos afiliados do PT, Gandra, que agora é tributarista especializado e advoga para grandes empresas, afirma que José Dirceu (ex-ministro da Casa Civil no governo Lula), foi condenado sem provas. E que a teoria do domínio do fato foi adotada de forma inédita pelo Suprimo (STF) para condená-lo. Por que só agora? Estranho, muito estranho.  

Outro jurista de renome, professor e ex-governador de São Paulo, Cláudio Lembo, falando sobre o mensalão e democracia escreveu em seu blog: "Não houve preservação da imagem de nenhum denunciado. Como nos antigos juízos medievais, foram expostos à execração pública".   

As informações levantadas pelos repórteres da Retrato do Brasil até certo ponto inéditas, pois incomuns na mídia tradicional, vem acrescentar luz ao debate. O vídeo, narrado pelo jornalista e escritor, Fernando Morais, está repercutindo nos principais portais da blogosfera. Dentre outras questões importantes tratadas sobre o julgamento do mensalão, levanta a hipótese e demonstra seguindo a trajetória do dinheiro, que não houve desvio de recursos públicos e qual foi o destino dos milhões desviados.



Via: Viomundo
Imagem: reprodução/Conjur/ABr


RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e compartilhe. Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger