sexta-feira, 8 de maio de 2015

Vídeo: A crônica do massacre no Paraná

Para nunca esquecer. Assista um documentário exclusivo e um vídeo especial com legendas em inglês, que mostram cenas inéditas do massacre imposto a cidadãos no Estado do Paraná, no dia 29 de abril deste ano. As imagens são chocantes. Jamais mostradas pelos jornais televisivos. Uma ação de extrema violência comandada pelo primeiro gestor do Estado e sua trupe, revelando a face do despotismo de um governo anti-democrático não alinhado com interesses da cidadania.
O objetivo do cerco policial era conter a manifestação pacífica de servidores, estudantes, e a maioria de professores reunidos em frente a Assembléia Legislativa, sob o pretexto de proteger o patrimônio público e manter a segurança e a ordem. Um enorme batalhão da Polícia Militar, convocado de várias cidades paranaenses impediram a entrada dos professores. A situação fugiu do controle e por consequência uma verdadeira atrocidade foi praticada, com centenas de pessoas feridas.

A pretensão dos professores estaduais, em greve há alguns dias, era acompanhar e pressionar os deputados a votarem contra um Projeto de Lei proposto pelo governador Beto Richa (PSDB). Um projeto que prejudica e coloca em risco a carreira de toda uma classe tão importante para a sociedade, construída com muito sacrifício e trabalho. E ignora seus direitos legitimamente adquiridos, confiscando "o dinheiro do fundo de previdência dos servidores para pagar a conta do governo irresponsável que quebrou o Estado".

Sabe-se agora, que o resultado do ato desastroso e ditatorial do governo, sob o comando do governador Beto Richa, provocou o pedido de demissão do chefe geral da polícia militar do Estado e do secretário de segurança, Fernando Francischini. O secretário de educação Fernando Xavier Ferreira, também pediu demissão. Para ocupar seu lugar, Beto Richa chamou a superintendente da secretária, Ana Seres Trento Comin. A nova secretária foi professora durante 40 anos. Amiga do governador, Ana Seres é simpatizante do PSDB e defende o movimento separatista  "O Sul é o meu país".

Este ato indecoroso do governo do Estado do Paraná é para nunca ser esquecido. Não somente pelo povo paranaense, mas por todo o cidadão de bem que preza a justiça, a paz e a cidadania.





Fonte: TarsoViolin/docverdade
Imagem: reprodução/Twitter.com/#BrasilComOsProfessoresDoParaná

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e compartilhe. Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger