terça-feira, 20 de setembro de 2011

Cinema - Filmes com referências à Maçonaria [ Parte I ]

Não obstante a existência de sites, blogs, e vasta literatura disponível na Grande Rede a divulgar as origens, objetivos, finalidades, o que é, e a que se propõe esta que é considerada a mais antiga e misteriosa Sociedade Secreta, a Maçonaria, permanece no inconsciente de muitas pessoas como uma Organização voltada a interesses escusos. Cuja única missão seria a de estabelecer uma nova Ordem mundial, subjugando toda a humanidade a um único poder absoluto. Exclusivo de seus iniciados, segregados em um emaranhado de segredos velados por uma rigorosa hierarquia.

Porém, basta um mínimo de pesquisa, uma incursão rápida pelo Google, para nos certificarmos que a verdade sobre a Maçonaria é bem diferente daquela que ainda permanece fantasiosamente nas mentes das pessoas. Por não buscar o verdadeiro esclarecimento, tomam como base conceitos falsos e distorcidos, propalados inescrupulosamente por todos os meios. E assim segue a formação de um grande exército que cresce a cada dia, posicionando-se como inimigo declarado da Maçonaria. Por pura e simples negação ou ignorância dos seus nobres ideais, mesmo que estes sejam incessantemente divulgados nos quatro cantos do mundo.

Vem de longa data a intenção de incautos a produzir matérias e documentários, com o intuito de desmoralizá-la. Ligando a Maçonaria, ou seus integrantes, a acontecimentos seculares criminosos, atribuindo-lhe a autoria de golpes e atentados contra a sociedade. Conduzindo o raciocínio das pessoas a definir as atividades da Maçonaria de forma dúbia, e quando muito tomá-la como uma verdadeira clã inimiga, pronta para usurpar qualquer tipo de poder onde quer que esteja, democraticamente estabelecido. 

Ao contrário, a história universal comprova que a Maçonaria atuou de forma positiva nos destinos de várias nações, rumo ao progresso e bem estar da coletividade. Comprovadamente Ela influiu e lutou tanto pela independência dos EUA, quanto pela independência do Brasil, e em muitos outros eventos históricos em benefício de seu semelhante.

O assunto é tão importante quanto polêmico. E por que não dizer misteriosamente atraente, motivado-nos a pesquizar e plubicar a respeito, aqui, aqui, aqui, e aqui. E se você gosta, ou lhe diz respeito, pesquise um pouco no Blog do Guara, que irá encontrar muito mais. Doravante, vamos nos ater ao objeto principal deste post. Iremos compartilhar (trailer quando possível) sobre alguns filmes que marcaram época, cujo enredo traz instantes  referenciais à Maçonaria desde muito longe, incluindo um ou dois documentários (não totalmente fidedignos) produzidos recentemente. Uns o fazem de forma sutil, em uma cena rápida ou pequeno diálogo, quase imperceptível. Outros mostram passagens de forma explícita, representando inclusive momentos do ritual de iniciação. Dentre eles, algumas produções brasileiras que reportam-se a importantes personagens da História do Brasil que chegaram a pertencer à Maçonaria. Bons filmes, que levaram milhares aos cinemas.

Com a discreção peculiar própria da Maçonaria, o filme "O Homem que queria ser Rei", raríssima película baseada no best seller com o mesmo título, traz intrinsecamente no enredo cenas e diálogos com forte apelo à simbologia maçônica. Os famosos, Sean Connery e Michael Caine, interpretam os  sargentos britânicos Danny Dravot e Peachy Carnehan, que querem construir um império só para eles. Às vezes cômica, às vezes dramática, a história é fundamentada em uma filosofia antiga, a qual teria como adepto o épico conquistador, Alexandre - o Grande. Cujos ensinamentos aludem à ambição dos homens, que em nome do poder e da vaidade acabam sacrificando seu bem maior, a vida.
Logo no início do filme, um dos principais personagens furta do outro, um relógio com desenho de um dos símbolos maçônicos (outros aparecem ao longo do filme), depois reconhecendo-se como "irmãos" iniciados na Ordem. (trailer)

No mesmo gênero Aventura, um filme muito conhecido levado ao público em duas versões (2004 e 2007), estrelados pelo consagrado artista, Nicolas Cage, estão repletos de imagens que diz respeito à Maçonaria. Na trama de "A Lenda do Tesouro Perdido" , temos as aventuras decorrentes da busca a um imenso e misterioso tesouro, que nos remete à história das riquezas escondidas no antigo Templo do Rei Salomão. Cuja mística ilustra a ritualística própria dos maçons. Na primeira versão, o ponto principal é o roubo, em Washington, da Declaração de Independência dos EUA, que traz no verso o mapa do referido tesouro.



Um suspense intrigante é o filme, "Do Inferno" (From Hell). Baseado na história de Jack, o Estripador, o serial killer responsável pelo assassinato de várias prostitutas na cidade de Londres, no decorrer do ano de 1888. O personagem Jack, estrelado por Johnny Depp, em companhia de Heather Graham e Lan Holm, seria um iniciado maçom acobertado pela antiga Ordem. O mórbido evento retratado no filme, envolveria os poderosos da Inglaterra que pertenceriam aos quadros da Maçonaria daqueles tempos.



Uma história de ficção retrata a Inglaterra do século XIX, quando a rainha Vitória nomeia uma legião poderosa para combater um gênio do mal que pretende conquistar o planeta. No filme, "A Liga extraordinária", o responsável em convocar àquela legião, chamado "M", recebe um a um os integrantes, que são representados por conhecidos personagens do mundo do cinema, detentores de poderes extraordinários e incomuns. Na porta, do lugar em que acontece o primeiro diálogo com os convocados, percebe-se nitidamente o símbolo mais conhecido da Maçonaria: o esquadro e o compasso entrelaçados. No papel central do filme, novamente aparece Sean Connery, e nomes de famosos como, Peta Wilson, Stuart Townsend e Jason Flemyng. Noves fora as várias referências à Maçonaria e outras "entidades", o filme é um prato cheio para quem gosta do gênero ação.



Em, Mad Max 3 - Além da Cúpula do Trovão, o último da trilogia futurista o papel principal continua com Mel Gibson, com a participação especial de Tina Turner. A famosa cantora americana interpreta o sucesso musical We Don't Need Another Hero. Sua personagem é a governante de Bardertown, uma cidade com regras primitivas e mortais, onde o herói Mad max é obrigado a submeter-se a um combate mortal. Vence a luta, mas recusa-se a tirar a vida de seu adversário. Motivo pelo qual é banido para o deserto e salvo por um grupo de selvagens formado por jovens e adolescentes, que o tomam por um novo Messias que os levará a uma nova terra. Na ocasião daquela luta, aparece uma imagem não muito nítida, de um compasso e de um Esquadro na camisa do apresentador. Confira a partir do minuto 7 do vídeo abaixo (parte 3/10 canal thiagobastoscf9).



Para encerrar esta primeira parte da matéria, no rol de filmes que mencionam de alguma forma a Maçonaria, fomos informados, e incluímos depois de conferir, um excelente filme de produção brasileira intitulado: Mauá - O Imperador e o Rei. O filme gira em torno da incrível história do abolicionista Irineu Evangelista de Souza, vivido pelo ator Paulo Betti, que marcou definitivamente a História do Brasil na época da Escravatura. O menino órfão, Irineu, deixa a localidade onde morava, Arroio Grande (mesma denominação de um distrito de Imbituva-PR), no Rio Grande do Sul, e vai morar no Rio de Janeiro levado por um tio. Torna-se um dos homens mais rico do Brasil, construindo a primeira indústria brasileira, uma fundição e estaleiro em Ponta de Areia, Niterói. No decorrer do filme consta parte da iniciação de Evangelista à Maçonaria. Sua condição de homem de sucesso e o acumulo de riquezas, bem como sua filiação a Ordem maçônica, custa-lhe angariar inimigos, perseguições e galhofas. Dentre eles "o Visconde de Feitosa (Othon Bastos), que o via como um aventureiro que sonhava apenas em ganhar mais dinheiro e desviar o Brasil da sua “vocação agrícola”. Irineu queria modernizar o país, mas sofreria mais obstáculos do que seria capaz de imaginar. Seria prejudicado seriamente por estrangeiros. Mas, principalmente pelos brasileiros que pertenciam a uma oligarquia, que apenas queriam usufruir os bens sem nada produzir". Este é um filme imperdível, justamente pela narrativa sobre a prodigiosa vida de um brasileiro com espírito verdadeiramente patriota.







Fontes: http://www.lojasaopaulo43.com.br/-Internet.
Imagens e informações: Filmescomlegenda.

   

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

1 Comentário:

Blogueiros do Brasil disse...

Orgulhosamente programei uma 'chamada' para este ótimo artigo no novo site dos Blogueiros do Brasil. O post será publicado dia 21/09 às 17:30 hs.


Abraços cordiais.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para agregar valor à matéria. Obrigado.

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger