Mostrando postagens com marcador opinião. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador opinião. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 27 de junho de 2022

Eleições 2022: 'O foco é Bolsonaro, estúpido. A Globo não é candidata a nada'. Por Paulo José Cunha

Por Paulo José Cunha*: Desde que surgiu a dicotomia direita x esquerda, lá na Revolução Francesa, no Século 18, quando a Assembleia Nacional se dividia entre apoiadores do rei à direita, e os simpatizantes da revolução à esquerda, que existem duas expressões: "a" direita e "as" esquerdas. Pelo simples fato de que a direita, moderada ou radical, sempre está unida em torno de seus interesses, sobretudo os patrimonialistas. Enquanto as esquerdas se digladiam entre suas diversas correntes e dificilmente se unem em torno de um objetivo comum.

Leia Mais ►

sexta-feira, 3 de junho de 2022

Fernanda Tripode: O que o êxito de Deep ensina aos homens?

Por Fernanda Tripode, no Conjur: O caso Johnny Deep x Amber Heard teve grande repercussão pela notoriedade dos envolvidos. Mas lidamos com o objeto da ação diariamente em vidas que não detêm a notoriedade do ator. São homens comuns e com vidas comuns, e que são destruídos em suas vidas profissionais e pessoais com uma simples denúncia: a palavra da mulher. Seja essa mulher a mãe de seus filhos (alienadoras) ou apenas uma ex sem filhos, que agem por vingança com base em aspectos e sentimentos pessoais.
Leia Mais ►

sexta-feira, 22 de abril de 2022

O indulto saiu pela culatra. Por Alex Solnik

Por Alex Solnik*: Não contavam com a minha astúcia, costumava vangloriar-se o Chapolin Colorado quando conseguia sair por cima de uma situação francamente desfavorável. O mesmo deve ter pensado Bolsonaro ao responder à condenação de seu fiel correligionário com uma espécie de xeque-mate: a graça presidencial.
Leia Mais ►

quinta-feira, 21 de abril de 2022

STF: Mendonça pagará por "traição" a bolsonaristas, mas atitude fez algum bem ao Brasil

Por Henrique Rodrigues, no Forum: O ministro André Mendonça, do STF, decretou sua própria implosão no universo paralelo bolsonarista após decidir pela condenação do deputado federal Daniel Silveira (PTB), um brucutu descontrolado e violento que ameaçou os magistrados da mais alta corte do Judiciário brasileiro.
Leia Mais ►

sábado, 12 de março de 2022

Destruam a nova política antes que ela destrua o Brasil (e o mundo)

Artigo de autoria de Cleber Lourenço, publicado no Congresso em Foco: 2022 começou e com ele a certeza de que o país irá testemunhar o maior embate e debate político de todos os tempos. E é claro! Há o temor de repetimos a tragédia de 2018, onde milhões de brasileiros motivados pela perversa "nova política", lotaram as casas legislativas e todo o país com o que há de pior em nossa sociedade. Em grande parte, defensores ferrenhos de coisas indefensáveis como excludente de ilicitude, tortura, milícias e outros absurdos.
Leia Mais ►

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2022

Eleições 2022: 'Lula não segura essa barra sozinho', diz jornalista

Por Celso Raeder*: Todas as pesquisas apontam ampla vantagem do ex-presidente Lula na disputa eleitoral deste ano. Confesso que ficaria muito feliz com a confirmação destas previsões, mas os anos acumulados como profissional de marketing político me obrigam a reconhecer que Jair Bolsonaro tem tudo para continuar no poder por mais quatro anos, ou até mais, a depender da omissão da sociedade.
Leia Mais ►

domingo, 20 de fevereiro de 2022

A antessala do golpe. Por Carla Teixeira

Publicado originalmente por Carla Teixeira, no site A Terra é redonda: Dizem por aí que o PT quer imitar Jesus e fazer milagres. Cristo ressuscitou Lazaro de Betânia quatro dias depois de falecido. Lula afirmou que quer fazer mais e melhor, então decidiu ressuscitar Geraldo Alckmin de Pindamonhangaba para ser seu vice, um cadáver político malcheiroso que há quatro anos amargou 4% dos votos nas eleições presidenciais de 2018.
Leia Mais ►

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2022

Mario Sergio Cortella: 'Opinião quando é crime não é opinião'

CBN: Mario Sergio Cortella faz uma análise do que realmente é liberdade de expressão. Comentarista fala sobre a repercussão de depoimentos feitos durante um podcast, em que o então apresentador Monark defendeu a ideia de que o partido nazista deveria ser reconhecido por lei. O deputado federal Kim Kataguiri, entrevistado no programa, disse que a Alemanha errou ao ter criminalizado o partido nazista [Confira o áudio].
Leia Mais ►

sexta-feira, 3 de dezembro de 2021

André Mendonça é a vitória dos terrivelmente simplórios e perigosos. Por Moisés Mendes

Por Moisés Mendes, para o Jornalistas pela Democracia: Um dos grandes momentos da sabatina de André Mendonça no Senado foi quando o terrivelmente evangélico dirigiu-se a Davi Alcolumbre e reconheceu as gentilezas do inimigo preocupado até com o seu lanche. Mendonça falava e olhava para Alcolumbre com a expressão de quem pensa estar enganando a todos.
Leia Mais ►

segunda-feira, 16 de agosto de 2021

Paulo Paim: A democracia corre perigo

Paulo Paim*, no jornal O Dia: A crise é uma realidade. A ditadura ronda a democracia brasileira. Como disse Leszek Kolakowski: "Em política, enganar-se não é desculpa". É preciso conter qualquer aventura que leve à implantação de governos absolutistas. As tentativas são claras: desrespeito ao Estado Democrático de Direito, enfraquecimento das instituições, abandono da Constituição, ataque aos poderes Judiciário e Legislativo, insultos à imprensa, discursos de ódio, negacionismo, fake news.
Leia Mais ►

terça-feira, 18 de maio de 2021

Opinião: Será que Pazuello também acha que há direitos demais no Brasil? Por Lenio Luiz Streck

www.seuguara.com.br/Pazuello/STF/habeas corpus/
Por Lenio Luiz Streck, no Conjur: O subtítulo poderia ser também "Malditas" questões processuais: nunca mais digam "há direitos demais". Ao trabalho. Enquanto uma súcia faz manifestações pedindo o fechamento do STF e intervenção militar, temos novidades. Sigam-me.
Leia Mais ►

sexta-feira, 22 de janeiro de 2021

O Brasil dos últimos anos elegeu a ignorância como o sol em torno do qual se quer orbitar


Por Fernando Rocha de Andrade, no site da Revista Bula - Atribui-se ao poeta alemão Bertolt Brecht, o vaticinado questionamento "Que tempos são estes em que temos que defender o óbvio?". Apesar da consagração, ao longo do séculos, da ciência e da razão, que teve como pano precursor o movimento renascentista do século 15, agora, em pleno século 21, vozes do obscurantismo vindas de todos os lados escoam para contestar as mais importantes conquistas civilizatórias.
Leia Mais ►

segunda-feira, 17 de agosto de 2020

O povo não assiste a tudo bestializado. Por Antonio Lassance

www.seuguara.com.br/povo/mídia/opinião/informação/
Artigo de Antonio Lassance, em seu blog, "questiona até que ponto as pessoas reagem ou não criticamente aos conteúdos apresentados pela mídia e percebem as intenções e os interesses que orientam o enquadramento da informação.
Leia Mais ►

sábado, 2 de maio de 2020

Depoimento de um vírus: "Vim esclarecer pontos fundamentais"

Por Valdemar Augusto Angerami, no Carta Capital - Sou um simples vírus. Vim esclarecer pontos fundamentais sobre a minha razão de ser. Não é fato que provoco o desequilíbrio no mundo, ao contrário, veja como a poluição diminuiu, como se é possível ver o firmamento estrelado até nas grandes cidades. Os rios mais limpos. As pessoas voltaram a se preocupar umas com as outras.
Leia Mais ►

quarta-feira, 22 de abril de 2020

Vamos falar francamente: a Petrobras só não está em pedido de recuperação judicial porque é estatal

Por Cláudio da Costa Oliveira* - A frase deste artigo faz parte do divulgado por Carlos Alberto Sardenberg em 28 de abril de 2016, portanto completará 4 anos na próxima semana, com o título "Enterrar de novo o populismo". Na época Sardenberg, cujo artigo foi publicado em todos os jornais das afiliadas à rede Globo pelo Brasil, foi categórico, "Quebraram a estatal. Vamos falar francamente:
Leia Mais ►

sábado, 11 de abril de 2020

Opinião: Quem disse que o mundo não será mais o mesmo após tudo isso passar? Por Alberto Villas

Por Alberto Villas* - No primeiro domingo depois que as torres gêmeas desabaram em Nova York, um repórter do Fantástico apareceu na tela afirmando que dificilmente os Estados Unidos voltariam a produzir ou exibir filmes de violência. Naquele 16 de setembro de 2001, muita gente concordou com o repórter.
Leia Mais ►

quinta-feira, 9 de abril de 2020

A pandemia mostra que a modernização trabalhista não passou de uma falácia

Publicado por João Carlos Juruna, Wagner Gomes e Álvaro Egea*, no jornal GGN - Entre 2016 e 2017, durante o governo de Michel Temer, um discurso sobre uma pretensa "modernização" baseou a destruição em série de leis de proteção ao trabalhador, sistematizada na reforma trabalhista. A reforma foi tramada por um notório representante dos mais desnacionalizados setores patronais: o ex-deputado Rogério Marinho.
Leia Mais ►

terça-feira, 31 de março de 2020

O que estão tramando contra Bolsonaro. Por Moisés Mendes

Por Moisés Mendes, em seu blog - Por que Sergio Moro não apareceu ontem entre os ministros que irão participar a partir de agora das entrevistas coletivas sobre as ações contra a pandemia? A Folha pode ter tentado dar a resposta hoje em reportagem de Renato Onofre, Talita Fernandes, Natália Cancian e Gustavo Uribe.
Leia Mais ►

quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

Opinião: 'Por que é inepta e abusiva a denúncia do MPF contra Glenn Greenwald do The Intercept Brasil'

Por Lenio Luiz Sreck, Gilberto Morbach e Horacio Neiva, no Conjur - [Confira no final do post, a repercussão do caso entre juristas, na mídia em geral, e na imprensa mundial]. No dia 21 de janeiro, o Ministério Público Federal denunciou, além de outras seis pessoas, o jornalista Glenn Greenwald, por supostos crimes relacionados à interceptação de diálogos privados envolvendo o então juiz Sergio Moro, Deltan Dallagnol e procuradores da Operação Lava Jato.
Leia Mais ►

domingo, 10 de novembro de 2019

Carta ao nosso caríssimo presidente, por Jô Soares

Por Jô Soares*, na Folha - Vossa excelência é mesmo o leão, o rei dos animais! Très cher président: "Quo usque tandem abutere patientia nostra?!". Frase que, em latim, vossa excelência, melhor latiador do que eu, conhece perfeitamente, foi dirigida em quatro cartas do senador e escritor romano Cícero aos Senado e ao povo em relação a Catilina, militar e senador que pretendia derrubar a República. Veja que ousadia! Isso antes do AI-5!
Leia Mais ►

Arquivos

Site Meter

  ©Blog do Guara | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger